quarta-feira, 20 de maio de 2015

Bota se redime de gol contra, marca no fim do jogo e empata com Figueira


Alvinegro marca duas vezes no segundo tempo e arranca empate em 2 a 2 no Orlando Scarpelli pela terceira fase da Copa do Brasil



Foi quase no último minuto, no fim da partida, que o Botafogo encontrou sobrevida, se recuperou de trapalhadas ao longo do duelo, e conseguiu garantir o empate em 2 a 2 com o Figueirense no Orlando Scarpelli pela terceira fase da Copa do Brasil. A equipe de René Simões foi punida por ter desperdiçado chances claras e ter marcado contra com Emerson. Sofreu ainda gol de Clayton. Encontrou seu jogo apenas no meio do segundo tempo, marcando com Giaretta e Luis Ricardo.

O público total da partida foi de 6.954, sendo 6.658 os pagantes. A renda foi de R$ 96.280,00. Ainda não há data para Botafogo e Figueirense voltarem a se enfrentar. Quem vencer a partida no Rio de Janeiro, se classifica. Empate em 0 a 0 ou 1 a 1 é do Bota. Novo 2 a 2 leva a decisão aos pênaltis. A partir do 3 a 3, a vaga é do Figueira.

Figueirense e Botafogo empataram em 2 a 2 pela Copa do Brasil (Foto: Agência Estado)
Desde o começo, quem pressionou foi o Figueirense. Era do time da casa as ações de jogo. Quando o Botafogo conseguia ir ao ataque, normalmente no contra-ataque, os catarinenses eram velozes na sua recomposição e evitavam maiores perigos. O Alvinegro ainda acabou punido quando perdeu a melhor chance, em erro de Thiago Heleno e desperdício de Henrique. No lance seguinte, gol do Figueirense, com Clayton. O Bota conseguiu crescer apenas nos acréscimos de 7 minutos.


No retorno, tudo igual. Ou melhor: pior, para o time de René Simões. Logo aos quatro, Jefferson faz linda defesa, mas, no rebote, Emerson acaba chutando para dentro da própria meta. O Bota se arriscou mais e buscou mais o gol de desconto. Que veio apenas aos 33 do segundo tempo, com Giaretta, de cabeça. A iniciativa foi premiada nos últimos minutos de jogo. Aos 48, Carleto cobra falta, Muralha rebate e Luis Ricardo não perdoa. 2 a 2 e a sobrevida alvinegra para o Rio de Janeiro.

Por GloboEsporte.com Florianópolis/GE