segunda-feira, 11 de maio de 2015

Botafogo prepara atuação de gala para o aniversário de Nilton Santos


Alvinegro tem semana livre para treinar antes do jogo contra o CRB, sábado, quando ídolo completaria 90 anos


Link permanente da imagem incorporada

No próximo sábado (16), dia que marcaria o aniversário de 90 anos de Nilton Santos, o Botafogo quer dar de presente uma exibição de gala no estádio que leva o nome do ídolo alvinegro. De acordo com os jogadores, as principais adversidades superadas na estreia da Série B, sábado, contra o Paysandu, foram a longa viagem e o clima quente de Belém. Na próxima rodada, por outro lado, eles vão ter a vantagem de jogar no Engenhão contra o CRB, às 16h30. O ambiente propício para, mostrando o melhor futebol, oferecer uma homenagem ao lendário lateral-esquerdo.

— Desde que entrei no clube, sei da responsabilidade que é jogar na mesma posição que ele. Me inspiro todos os dias no Nilton Santos — afirmou Thiago Carleto, dono da camisa 6 na atual temporada, que também mostrou confiança no fator casa para o jogo de sábado — Vencemos na estreia com gramado alto, muito calor, cidade úmida e a torcida adversária que vai em peso, até para ver o Botafogo e um ídolo como o Jefferson, goleiro da seleção brasileira. A gente espera mostrar mais conforto em casa.

Carleto também elogiou a postura do Botafogo contra o Paysandu e celebrou o gol marcado por Rodrigo Pimpão, nos minutos finais.

— A gente fez um gol no fim, o que foi importante. A partida tem 90 minutos, o gol pode ser marcado a qualquer momento. Os times da Série B têm jogo corrido, a gente precisa botar a bola no chão porque é aí que somos bons — completou.

Para aprimorar seu estilo de jogo, o Botafogo tem a semana livre para treinar. Nesta segunda-feira, reapresentação do elenco alvinegro após o retorno de Belém, apenas os reservas e o goleiro Jefferson foram a campo. Os titulares fizeram treino regenerativo, e vão ao gramado do Estádio Nilton Santos na terça. As únicas dúvidas são o zagueiro Roger Carvalho e o meia Elvis, machucados. Os dois fizeram trabalho físico em campo nesta segunda.

POR CAROLINA OLIVEIRA CASTRO/ O GLOBO