quinta-feira, 21 de maio de 2015

Emerson é comparado a Mauro Galvão e Aldair


Zagueiro de apenas 20 anos entra contra o Figueirense, marca contra em trapalhada com Giaretta, mas dá a volta por cima durante a partida e recebe elogios de René




 

A quarta-feira de Emerson não começou bem. Novidade na vaga de Renan Fonseca na volta do intervalo contra o Figueirense, o zagueiro quase complicou a vida do Botafogo ao marcar um gol contra com quatro minutos em campo, em uma lambança com Diego Giaretta (veja no vídeo acima). O jovem, no entanto, mostrou personalidade, e a noite que tinha tudo para ser desastrosa, terminou em elogios e comparações com grandes zagueiros do futebol brasileiro.

- Ainda não vi o lance. Do campo, me lembrou muito o gol contra do Grêmio (no último domingo) contra o Coritiba (pelo Brasileirão). Não sei dizer se foi falha do Emerson. Mas se foi, ele se portou como um veterano depois. Foi muito bem e seguro no resto da partida. Venho acompanhando esse garoto há algum tempo. O Emerson ainda vai evoluir muito. Ele me lembra o Mauro Galvão, o Leonidas, o Aldair... - elogiou o técnico René Simões.

Aos 20 anos, Emerson foi integrado recentemente por René ao elenco principal do Botafogo. A partida contra o Figueirense foi apenas seu terceiro jogo como profissional. O zagueiro já havia sido titular nos dois jogos contra o Capivariano, também pela Copa do Brasil, e foi bem.

Na segunda colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, com seis pontos, o Botafogo volta a campo no sábado. Em Brasília, o time enfrenta o Atlético-GO, às 16h30, no Estádio Mané Garrincha.

Emerson teve atuação destacada no Botafogo apesar de erro (Foto: Eduardo Valente/Frame/Agência Estado)

Por Marcelo Baltar Florianópolis, SC/GE