domingo, 3 de maio de 2015

Orgulho ou respeito? Bota e Vasco decidem o título com Maracanã lotado


Alvinegro busca alegria após queda para a Série B, e Cruz-Maltino se apoia no slogan do presidente para encerrar jejum de 12 anos. Todos os ingressos foram vendidos




Montagem de capa do GE
Botafogo e Vasco decidem neste domingo o título do Campeonato Carioca de 2015, às 16h (de Brasília), no Maracanã. Com direito a estádio lotado (todos os mais de 56 mil ingressos foram vendidos em menos de 24h, um recorde no novo Maracanã) e busca pelo melhor público do futebol brasileiro na temporada, apenas um dos lados vai rir por último. A volta do orgulho alvinegro após a queda para a Série B do Brasileirão ou o retorno do respeito cruz-maltino tão proclamado pelo presidente Eurico Miranda. Quem leva a melhor?

A vantagem do empate é do Vasco, que venceu a primeira partida da final por 1 a 0, no último domingo, e luta para encerrar um jejum. Em 2003, há 12 anos, o time de São Januário comemorou sua última conquista estadual. Campeão da Taça Guanabara, o Botafogo precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão direto. Em caso de vitória alvinegra por um gol, a decisão vai para os pênaltis.

O Botafogo terá o desfalque de seu principal jogador. Jefferson ainda não se recuperou de uma cirurgia no joelho e será mais uma vez substituído por Renan. Em relação ao time que perdeu o primeiro jogo da decisão, a única mudança deve ser a entrada de Tomas no lugar de Gegê. Mesmo assim, o técnico René Simões guarda segredo quanto à escalação.

No lado do Vasco, mistério é total depois de cinco treinos fechados desde terça-feira. Mas a única dúvida é clara: Rafael Silva ou Bernardo? Um dos dois vai entrar na vaga do apoiador Marcinho, que retorna ao banco de reservas. De resto, o time será o mesmo que venceu a primeira partida da decisão no domingo passado.

Wagner do Nascimento Magalhães apita a decisão, auxiliado por Rodrigo Corrêa e Dibert Pedrosa Moises. A TV Globo transmite para RJ, ES, TO, SE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior, Juninho Pernambucano e Arnaldo Cezar Coelho). O jogo também passa no Premiere, PFC HD e PFCI (com Luiz Carlos Jr, Edinho e Lédio Carmona). O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos.




Botafogo: com dois dias de treinos totalmente fechados à imprensa, René Simões não confirma a escalação do Botafogo. Mas a tendência é que haja uma única mudança em relação ao time que iniciou a primeira partida contra o Vasco: sai Gegê, entra Tomas. O Alvinegro deve começar com a seguinte formação: Renan, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Fernandes e Tomas; Rodrigo Pimpão e Bill.

Vasco: o clube voltou a fechar os treinos antes da partida decisiva. Mas apesar do mistério, o técnico Doriva tem apenas uma dúvida para escalar o time titular. Marcinho deixa a equipe. Rafael Silva e Bernardo lutam pela vaga, com mais chances para o primeiro. O Vasco vai a campo com Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Serginho, Guiñazu e Julio dos Santos; Rafael Silva (Bernardo), Dagoberto e Gilberto.




Botafogo: Jefferson se recupera de cirurgia no joelho. Elvis e Roger Carvalho sofrem com lesões musculares. Jobson está suspenso pela Fifa.

Vasco: Jean Patrick, que saiu da lista do Carioca pela lesão grave no tornozelo, e Nei, que ainda se recupera de uma pequena fratura por estresse no pé esquerdo, estão fora.

Por GloboEsporte.comRio de Janeiro/GE