domingo, 7 de junho de 2015

Botafogo promete atuar como dono da casa contra o Oeste


Alvinegros pregam respeito ao adversário desta terça-feira, mas avisam que o time vai tentar impor seu jogo, mesmo jogando no estádio José Liberatti, em São Paulo



Lulinha marcou o último gol da vitória por 3 a 0 sobre o Mogi Mirim no Estadio Nilton Santos (Foto: Vitor Silva / SSPress)

Os 100% de aproveitamento no Estádio Nilton Santos têm dado ao Botafogo a confiança para uma boa campanha na Série B do Brasileirão – na última sexta-feira, fez 3 a 0 no Mogi Mirim (assista ao vídeo abaixo). Mas perseguir bons resultados fora de casa é o caminho mais curto para um retorno sem sustos à elite do futebol nacional. Por isso, em jogos como o desta terça-feira, contra o Oeste, o time comandado por René Simões promete entrar comprometido com a vitória, deixando de lado uma possível cautela por estar no território adversário.



Após seis rodadas, o líder Botafogo soma sete pontos conquistados em nove disputados fora de casa – vitórias sobre Paysandu (1 a 0) e Paraná (2 a 1) e empate com o Atlético-GO (0 a 0). Assim, o grupo promete buscar a manutenção desse aproveitamento contra o time paulista, no jogo que será realizado em Osasco.

– Com todo respeito ao Oeste, temos que ir lá pensando em vencer, independentemente de campo ou de estádio. Se pelas circunstâncias da partida não pudermos cumprir esse objetivo, o empate também não é ruim. Mas por sermos o Botafogo, temos que pensar nos três pontos – destacou o goleiro Renan.

Para Lulinha, a partida desta terça-feira será também uma espécie de teste para o Alvinegro conquistar a vitória sem ficar preso à maneira da qual costuma jogar.

– Vai ser um típico jogo de Série B: estádio pequeno contra um adversário que joga truncado. O Botafogo gosta de ter a posse de bola, de rodar o jogo, mas talvez contra o Oeste não tenha tanta chance de fazer isso. Mesmo assim nós temos que imprimir nosso ritmo – observou o meia-atacante.

Por Gustavo Rotstein Rio de Janeiro/GE