domingo, 21 de junho de 2015

Cadê? Daniel Carvalho teve início animador, mas está sumido no Botafogo



Daniel Carvalho se transformou em um dos problemas para o Botafogo na Série B (Vitor Silva/SSPress)

Líder da Série B do Campeonato Brasileiro, o Botafogo conduz a campanha com relativa tranquilidade. Mas nem por isso está livre dos problemas. Um deles atende pelo nome de Daniel Carvalho. O meia voltou a jogar por um pedido do filho e teve início animador em General Severiano. No entanto, o bom futebol sumiu nas últimas partidas e recuperá-lo está nos planos da comissão técnica.

Daniel Carvalho disputou nove jogos com a camisa alvinegra e marcou um gol. Ele teve bom desempenho no início, mas caiu de rendimento e jamais atuou por 90 minutos. O meia entrou quatro vezes no segundo tempo e foi substituído em cinco oportunidades.

A experiência do veterano de 32 anos é fundamental para ajudar a furar o bloqueio adversário. No empate por 1 a 1 com o Boa Esporte, o Botafogo teve dificuldades, contou com pouca inspiração nas finalizações e perdeu os 100% de aproveitamento no Engenhão.

Recuperar Daniel Carvalho se transformou em mais uma missão para o técnico René Simões. Tudo para garantir ao Botafogo um retorno cada vez mais tranquilo à elite do futebol brasileiro.

"Conseguimos chegar algumas vezes, mas precisamos colocar a bola para dentro. Era o jogo para o drible que falta ao futebol brasileiro. Aquele lance em que o Messi passa por dois ou três jogadores. Está faltando e precisa ser trabalhado", pontuou o treinador.

Do UOL, no Rio de Janeiro