segunda-feira, 1 de junho de 2015

"Melhor reserva do Brasil": Renan reassume gol do Bota sem Jefferson


Com o titular a serviço da seleção brasileira durante a Copa América, goleiro terá novas oportunidades em junho. Na temporada, ele disputou 11 jogos e agradou




A convocação de Jefferson para a Copa América vai abrir brecha, mais uma vez, para Renan no gol do Botafogo. Caso a seleção brasileira chegue à decisão, em 4 de julho, o goleiro reserva assumirá a posição por pelo menos seis rodadas na Série B. Neste sábado, contra o Vitória, o camisa 1 fez sua última partida antes de se apresentar ao técnico Dunga.

Nada, no entanto, que preocupe o clube carioca. Por conta de amistosos da Seleção e de uma lesão no joelho direito de Jefferson, Renan foi titular em 11 jogos na temporada. Em alguns deles, o goleiro foi muito bem, especialmente contra a Cabofriense e no jogo de volta da semifinal do Campeonato Carioca, contra o Fluminense.

- Não homenageamos o Jefferson após o jogo. Homenageamos o Renan. Falamos com ele no vestiário após a partida contra o Vitória. O Diego Jardel até brincou: "É o melhor reserva do Brasil". Fico muito feliz por ter recuperado esse jogador - disse o técnico René Simões.

Renan volta ao time titular do Botafogo na próxima terça, contra o Paraná (Foto: Vitor Silva / SS Press)

Apontado por René como criador do slogan “melhor reserva do Brasil”, Diego Jardel deu o crédito aos torcedores, mas reiterou que Renan conta com a confiança de todo o elenco do Botafogo.

- É uma brincadeira que começou com os torcedores, em um treino. Aí começamos a brincar no vestiário que o Renan era o melhor reserva do Brasil. O René gostou e pegou. O Renan é um cara que dispensa comentários, estamos muito bem servidos de goleiros. O Jefferson vai fazer falta, mas estamos muito felizes por ele estar na seleção brasileira. Temos total confiança no Renan, que já mostrou a capacidade que tem – elogiou Diego Jardel.

Após um ano de 2014 difícil, quando perdeu espaço com Vagner Mancini e passou a ser o quarto goleiro do Botafogo, Renan deu a volta por cima. Ele brilhou com grandes defesas em sua primeira oportunidade, contra a Cabofriense, e foi o herói da classificação para a decisão do Campeonato Carioca, contra o Fluminense. Na ocasião, na disputa por pênaltis, Renan defendeu duas cobranças e ainda converteu a decisiva, que colocou o Botafogo na final contra o Vasco.

A nova sequência de Renan começa nesta terça-feira, diante do Paraná, em Curitiba. Com dez pontos, o Botafogo está na vice-liderança da Série B, atrás do Bahia no saldo de gols. O GloboEsporte.com acompanha a partida em Tempo Real.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE