sábado, 8 de agosto de 2015

Na estreia de Grafite, Santa Cruz tenta frear retorno do Botafogo à liderança


Apesar de clima de festa por conta do atacante, times jogam de olho na parte de cima da tabela. Tricolor quer encostar no G-4, enquanto Alvinegro quer a liderança




Arruda deve receber público recorde na atual
 edição da Série B (Foto: Daniel Gomes)
Impulsionada pela reestreia do ídolo coral Grafite, a partida entre Santa Cruz e Botafogo, neste sábado, às 16h30, no Arruda, promete bater o recorde de público da atual edição da Série B do Brasileiro - que atualmente pertence a Ceará 0 x 0 Botafogo, com 38.647 presentes. Mais de 38 mil ingressos foram vendidos para o jogo em que o Tricolor busca seguir com o bom rendimento dentro de casa para se aproximar do G-4: foram quatro vitórias nos últimos quatro jogos atuando como mandante. O Alvinegro, por sua vez, vem de três empates consecutivos e precisa vencer para retomar a liderança, perdida no início desta 17ª rodada para o América-MG.

Após 13 anos, Grafite reestreia no clube que o projetou para o futebol. O atacante foi recepcionado como maior contratação da história do Santa Cruz e vinha treinando há 15 dias para readquirir a melhor forma física. A diretoria do clube realizou uma grande campanha de marketing em cima do retorno, visando o aumento no número de sócios do clube. Além de Grafite, o lateral-direito Vítor estreará como titular, após ter debutado do Oeste-SP, entrando no segundo tempo. Além da festa, o Tricolor busca encurtar a distância para o G-4, que atualmente é de seis pontos.


Pelo lado do Botafogo, Ricardo Gomes fará sua segunda partida no comando da equipe. Na estreia, empatou sem gols e, agora, precisa da vitória para reconquistar a liderança da competição. Por isso, ao longo da semana, o técnico fechou parcialmente alguns treinos e testou novas peças na equipe, como Neilton, Navarro e Serginho. Luis Ricardo, que estava lesionado, retorna à lateral-direita.


A partida terá trio de arbitragem paulista. Flávio Rodrigues Guerra apita, auxiliado por Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira Júnior. Premiere e Premiere HD transmitem ao vivo através do sistema pay per view. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos.





Santa Cruz: o técnico Marcelo Martelotte treinou com o mesmo time durante toda a semana. O atacante Anderson Aquino foi deslocado do papel de referência na área para a esquerda, abrindo espaço para Grafite. O volante Moradei e o meia Luisinho, titulares nas últimas partidas, perderam suas posições e foram para o banco. O time do Santa Cruz diante do Botafogo será: Tiago Cardoso; Vítor, Danny Morais, Neris e Marlon; Wellington Cézar, Bileu, Lelê, João Paulo e Anderson Aquino; Grafite.


Botafogo: o técnico Ricardo Gomes deve fazer alterações com relação à equipe que enfrentou o Luverdense na última rodada. Recuperado de lesão na coxa esquerda, Luis Ricardo volta à lateral-direita. No ataque, Neilton deve ser titular e ocupará a vaga de Sassá. Navarro e Serginho também foram testados nos treinamentos parcialmente fechados da semana e podem ser opção. Assim, o time que enfrentará o Santa Cruz será: Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Dierson (Serginho), Willian Arão, Octávio e Diego Jardel; Neilton e Luis Henrique (Navarro).





Santa Cruz: o meia Guilherme Biteco segue no Rio Grande do Sul resolvendo problemas particulares. Além dele, o goleiro Fred, com uma lesão na cartilagem do joelho, não atua mais na temporada. O atacante Bruno Mineiro, recuperando-se de uma lesão na coxa, está na fase de transição e segue fora. Já o zagueiro Diego Sacoman está no departamento médico com um torção no joelho esquerdo.

Botafogo: o lateral-esquerdo Jean é o único que está no departamento médico. Cidinho, Andreazzi, Jeferson Paulista, Milton Raphael e Sidney deixaram o grupo principal esta semana e passaram a integrar o grupo 2 do Botafogo, com atletas que não estão sendo aproveitados.




Santa Cruz: Alemão, Fred, Neris, Nininho, Renatinho e Wellington.

Botafogo: Fernandes, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Sassá e Willian Arão.

Por GloboEsporte.com Recife/GE