domingo, 6 de setembro de 2015

Com golaço de voleio, Navarro supera Loco Abreu em início no Botafogo



Após sétima partida, camisa 9 chega a sexto gol pelo Alvinegro, um a mais do que seu compatriota, ídolo da torcida




Navarro disputa bola com jogador do Vitória: uruguaio marcou belo
 gol para o Botafogo (Foto: Felipe Oliveira / Agif / Estadão Conteúdo)
Se o uruguaio Álvaro Navarro conseguirá ter pelo menos um pouco da idolatria de Loco Abreu no Botafogo, só o tempo dirá. Mas o começo é promissor. O camisa 9 superou seu compatriota em número de gols marcados nos primeiros cinco jogos pelo Alvinegro. O atacante alcançou essa marca neste sábado, marcando, de voleio, o gol que abriu o placar de 2 a 1 sobre o Vitória, no Barradão (assista ao vídeo com todos os gols de Navarro pelo Botafogo).

Navarro chegou, assim, a seis gols em suas primeiras partidas pelo Botafogo. Em 2010, Loco Abreu marcou cinco gols no início de sua trajetória que terminou com 63 gols em 106 partidas, até 2012 (confira no quadro abaixo).

Como coincidência, os dois uruguaios marcaram três gols numa mesma partida nestes primeiros sete jogos. Loco Abreu fez o hat trick na vitória por 5 a 2 sobre o Resende, pelo Campeonato Carioca. Já Navarro brilhou na goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-GO, pela Série B do Brasileiro.

Desde que chegou ao Botafogo, Navarro tem convividos com as comparações com seu antecessor, considerado ídolo pela torcida. Ele se diz honrado, mas deixou claro que pretende construir sua própria história no clube. O técnico Ricardo Gomes também prefere manter calma ao analisar o camisa como uma possível referência do time alvinegro.

- Referência, não. Ele está numa forma extraordinária, mas é um todo. Não acredito num só jogador. Quero que o Navarro faça três gols todo jogo, mas não é sempre que acontece. Hoje ele fez um gol espetacular. Desde que chegou o Navarro surpreendeu, eu não o conhecia. Não é muito habilidoso, mas conhece do jogo e tem um posicionamento muito bom e por isso está sempre bem colocado na área - disse.




Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro/GE