terça-feira, 13 de outubro de 2015

Botafogo quer joia por mais tempo, e tentativa de acordo será decisiva


Após especulações, mãe de Luis Henrique diz que não há proposta, mas admite sondagens. Botafogo espera por renovação em 2016. Se isso não acontecer, clube deve vender



Luis Henrique em ação pelo Botafogo
 (Foto: Edson Ruiz/Coofiav)
Mesmo longe do Botafogo, a serviço da Seleção Brasileira sub-17, o jovem Luis Henrique é assunto no clube. De acordo com o Blog Ora Bolas, do site Goal, o empresário iraniano Kia Joorabchian, ex-mandatário do Grupo MSI, ex-parceiro do Corinthians, quer levar o atacante de apenas 17 anos para o futebol inglês. Um dos interessados seria o Arsenal.

Procurada pela reportagem do LANCE!, a mãe e procuradora do jogador, Tanara Taffner, afirmou que não há proposta oficial pelo jovem ainda, embora admita que sondagens de alguns empresários.

– Atuar no futebol inglês é um sonho que o Luis Henrique já comentou. Mas, no momento, ele está focado no Mundial com a Seleção Brasileira sub-17 e também no Botafogo. Ele tem contrato com o clube, e se acontecer algo novo todas as partes serão ouvidas. Por enquanto, não recebemos proposta oficial de clubes europeus, apenas sondagens – comentou.

Luis Henrique tem contrato com o Botafogo até maio de 2017. O clube espera o jovem completar 18 anos, em março do próximo ano, para tentar estender este vínculo. Porém, caso as conversas não avancem neste sentido, o Glorioso deve negociar o atleta no próximo ano, para não correr o risco de perder dinheiro depois. Isso porque Luis Henrique poderia assinar pré-contrato com outro clube em novembro de 2016.

Destaque da Copa do Brasil Sub-17 deste ano, o atacante chamou atenção com muitos gols e assistências. Ele foi promovido ao elenco profissional em julho e recebeu um aumento salarial. Na ocasião, a multa rescisória foi reajustada e passou a ser de R$ 60 milhões. O Botafogo é dono de 90% dos direitos econômicos do jogador, por isso teria direito a R$ 54 milhões desta quantia, em caso de venda.

Com apenas 17 anos, Luis Henrique não poderia se transferir para um clube europeu antes de chegar à maioridade.



Paulo Victor Reis - LANCENET!