sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Gomes prevê duelo difícil contra o Bahia, mas quer Bota atuando bem


Treinador frisa que time precisa estar concentrado para poder ter boa atuação neste sábado, no Nilton Santos. Equipes se enfrentam às 17h10 (de Brasília)




No discurso do "jogo a jogo", o Botafogo precisa da vitória neste sábado para chegar mais próximo do seu objetivo, o retorno à Série A. Contra o Bahia, o técnico Ricardo Gomes prevê um duelo difícil, uma vez que o adversário está no G-4 e brigará para se manter ali. Para conseguir sair vitorioso do Nilton Santos, o técnico quer sua equipe atuando bem.


- Temos de jogar muito bem. É um clássico. O Bahia é um bom time. Já conquistou esse ano, acho, o Campeonato Baiano. Briga com grandes chances para subir. Será um clássico. (Se Botafogo pode ser surpreendido?) Surpreendido, não acredito. Mas, sem jogar bem, será difícil - disse.

Ricardo Gomes quer o Botafogo jogando bem contra o Bahia (Foto: Vitor Silva / SSPress)

Botafogo e Bahia são duas das equipes que mais marcaram gols em toda a temporada no Brasil. Questionado sobre se o duelo, portanto, será de muitos gols, Ricardo Gomes brincou, descontraiu, mas afirmou que é preciso ter cuidado uma vez que o adversário também tem características ofensivas:


- Gols para o Botafogo, né? (risos) Nossa cabeça é fazer o maior número e não sofrer. Sabendo que o adversário tem qualidades ofensivas, tem de ter muita atenção. Cultura de Botafogo e Bahia nunca foi defensiva. Espero que sobre ao Botafogo muitos gols.


Para o jogo deste sábado, o Botafogo espera contar com um bom público. Mais de 10 mil ingressos já foram vendidos até o começo desta sexta-feira e o número deve aumentar bem mais. O técnico alvinegro respondeu sobre a presença da torcida e sobre a pressão que ela aplica aos jogadores em campo, dizendo que faz parte da profissão saber lidar com as questões psicológicas naturais de um jogo de futebol.


- É a nossa profissão. Se for sem público, não tem sentido a gente estar aqui. 10 mil é pouco. Na minha infância, via o Botafogo, no Maracanã, com 80 mil torcedores. Jogador tem de estar preparado para 10, 20, 30, se for o caso de 60, 100 mil torcedores... tem de estar preparado. Jogador que não tiver esse tipo de suporte (de aguentar pressão e ansiedade), aí troca de profissão, pois não tem jeito. Tem de estar trabalhando para a concentração ser maior ainda, sem ansiedade. Mais concentração que ansiedade - opinou.


Botafogo e Bahia se enfrentam às 17h10 (de Brasília) deste sábado, no Nilton Santos, pela 33ª rodada da Série B. O Alvinegro é o líder da competição, com 62 pontos.

Por Jessica Mello Rio de Janeiro/GE