sábado, 2 de janeiro de 2016

Com operação financeira, Bota quita salários de novembro e 1ª parte do 13º


Clube estava em débito com jogadores e funcionários em virtude de receitas que seguem bloqueadas no TRT-RJ. Valores foram quitados com ajuda de um apoiador





Botafogo quita vencimentos de novembro, que estavam atrasados, e
primeira parcela do 13º salário (Foto: Luciano Belford/SSPress)
No fim de 2015, o Botafogo sofreu com um antigo problema, o atraso de pagamentos a jogadores e funcionários. No fim de dezembro, o clube ainda não havia conseguido pagar os vencimentos de novembro e o 13º salário em virtude do bloqueio das receitas alvinegras pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro. Os valores seguem bloqueados, mas o Botafogo conseguiu quitar suas dívidas nos últimos dias.


Foi por meio de uma "operação financeira" e com a "ajuda de um grande botafoguense" que o clube arrecadou o dinheiro para pagar o que estava devido. Falta ainda, porém, a segunda parcela do 13º salário, que deverá ser paga até o 5º dia útil de janeiro.


- A Justiça continua em recesso. Mas acabamos de pagar o mês de novembro e a primeira parcela do 13º. Conseguimos por meio de uma operação financeira, com a ajuda de um grande botafoguense - explicou o presidente Carlos Eduardo Pereira.


O Botafogo espera conseguir colocar em ordem todas as suas pendências financeiras nas duas primeiras semanas de janeiro. Para isso, conta com a liberação da cota de televisão, que está bloqueada no TRT-RJ.

Por Jessica Mello Rio de Janeiro/GE