quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Jefferson define metas em 2016: Bota na Libertadores e titularidade do Brasil


Em sua primeira entrevista no ano, goleiro adia avaliação do elenco alvinegro, mas confia em boa temporada e brinca com Lizio: "Tomara que seja liso dentro de campo"




Após 10 dias dando atenção à torcida, seja em General Severiano ou em Domingos Martins, nesta quarta-feira foi a vez de Jefferson atender a imprensa. Principal jogador do elenco do Botafogo, ele concedeu sua primeira entrevista coletiva em 2016 e revelou suas metas no ano novo: voltar a ser titular do Brasil, conquistar títulos pelo Alvinegro e classificar o clube para a Libertadores da América. Na seleção brasileira, o goleiro foi barrado por Dunga em outubro, quando perdeu a vaga para Alisson diante da Venezuela, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. E na principal competição de times do continente, sua última participação foi em 2014, quando a equipe não passou da fase de grupos.


- Esse ano minha meta é voltar a ser titular da seleção brasileira, e aqui no Botafogo conquistar títulos, vamos em busca de uma Libertadores. Pressão sempre vai existir. Quando a gente caiu para a Série B, a pressão foi para subir. Esse ano estamos bastante confiantes, a gente sabe que o Brasileiro é difícil, mas vamos brigar por Libertadores e por títulos - afirmou.

Jefferson vem sendo muito aplaudido pelos torcedores que têm ido aos treinos (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Jefferson também foi questionado sobre o elenco alvinegro. A pré-temporada do clube no Espírito Santo conta com 30 jogadores, muitos jovens da base ou recém-promovidos, e há apenas dois atacantes à disposição de Ricardo Gomes: Luís Henrique e Neilton. O goleiro disse que ainda é cedo para analisar o plantel e defendeu a diretoria das críticas pela demora em anunciar reforços.


- Está muito cedo para falar, hoje foi praticamente o primeiro coletivo. Ainda precisam chegar reforços, a diretoria está atrás, mas tem que ter cautela para não dar tiro errado. É muito cedo para analisar o plantel.

A cada passo pelo hotel, goleiro tira fotos e distribui
autógrafos (Foto: Divulgação / Instagram Botafogo)
A maior esperança da torcida recai sobre os gringos contratados. Até o momento, três já foram anunciados: o meia boliviano Damián Lizio, o meia argentino Gervasio Núñez e o zagueiro também argentino Joel Carli. O trio ainda está no Rio de Janeiro resolvendo as pendências para tirar o visto de trabalho e só se juntará ao grupo na noite desta quinta-feira. Jefferson também evitou fazer análise sobre os estrangeiros, mas aprovou as contratações e brincou com Lizio.


- Fizemos poucos treinos com eles, não deu para avaliar muita coisa. São jogadores que vão agregar muito, diretoria está atenta ao mercado. Tomara que o Lizio seja liso dentro de campo (risos)" - brincou, arrancando gargalhadas dos jornalistas.


O Botafogo volta a treinar em tempo integral nesta quinta-feira no Hotel Fazendo China Park, às 9h e às 17h. O Alvinegro ficará concentrado no local até dia 22 de janeiro e tem amistoso marcado para o dia 23 contra a Desportiva Ferroviária, em Cariacica, também no Espírito Santo. A estreia do clube no Campeonato Carioca será no dia 30, contra o Bangu em Moça Bonita.


Fonte: GE/Por Thiago Lima/Rio de Janeiro