quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Testado de titular, Carli tem contrato rejeitado na CBF por faltar documento


Argentino substitui Renan Fonseca em coletivo. Para regularizar vínculo, Botafogo aguarda declaração do Quilmes comprovando ausência de terceiros em negociação





Carli treinou entre os titulares em coletivo nesta
quinta-feira (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)
Depois de ter conseguido regularizar praticamente todo o time titular para a estreia do Campeonato Carioca, o Botafogo voltou a treinar em General Severiano e teve o argentino Carli no lugar de Renan Fonseca, poupado da última parte da atividade. O zagueiro estrangeiro, porém, ainda não está liberado para estrear pelo clube e passou por uma situação inusitada na tarde desta quinta-feira: teve seu contrato rejeitado pela CBF. O motivo? Falta uma declaração do Quilmes, seu ex-time na Argentina, comprovando que não vendeu nenhuma parte dos direitos do atleta a terceiros. A Fifa vetou a participação de investidores em transações no final de 2014, e a confederação brasileira aderiu à norma em janeiro do ano passado. A diretoria alvinegra ainda aguarda a chegada do documento nesta sexta para o defensor poder jogar no sábado.


No treino, Ricardo Gomes realizou um coletivo diferente, onde parava bastante para orientar o time e permitia a repetição de jogadas. A ausência foi Gervasio "Yaca" Núñez, que voltou a sentir dores musculares e fez apenas um trabalho à parte em campo com o preparador físico Emilio Faro e junta a Neilton, que se recupera de lesão. Mas o meia não preocupa para a estreia do Carioca, segundo informou o próprio Botafogo. A equipe titular foi armada com Jefferson, Diego, Carli, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Rodrigo Lindoso, Luis Ricardo - ainda não regularizado -, Gegê e Luís Henrique. O técnico chegou a testar um esquema mais ofensiva, com Ribamar no lugar de Lindoso, mas deu prioridade à formação inicial.


O coletivo terminou com o placar de 1 a 0 para os titulares, golaço de Lizio cobrando falta no ângulo. Na sequência, Ricardo Gomes permitiu a Lindoso também bater, mas o volante parou em Helton Leite. O posto de cobrador oficial está vago no Botafogo desde as saídas de Daniel Carvalho e Thiago Carleto no fim do ano passado. Gegê também vem treinando o fundamento.


O Alvinegro volta a General Severiano na manhã desta sexta-feira, e Ricardo Gomes fará os últimos ajustes na equipe que enfrenta o Bangu, às 17h (de Brasília) deste sábado, em São Januário, pela primeira rodada do Carioca. Os desfalques já confirmados são Fernandes, expulso na final do Carioca do ano passado, Bruno Silva, ainda não inscrito, além de Neilton e Sassá, lesionados. O Botafogo está no Grupo B, ao lado de Flamengo, América, Bonsucesso, Friburguense, Madureira, Tigres e Volta Redonda.

Por Thiago Lima/Rio de Janeiro/GE