quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

São Januário por Fellipe Bastos: Bota propõe acordo com Vasco por dívida


Alvinegro oferece abrir mão de valor que tem direito a receber pela venda do volante para jogar de graça no estádio. Cruz-Maltino foi acionado pela Fifa para pagar débito





Fellipe Bastos com taça da Supercopa dos Emirados
Árabes faturada pelo Al Ain (Foto: Divulgação / Twitter)
Dois jogos e duas vitórias em São Januário. O Botafogo começou o Campeonato Carioca com 100% de aproveitamento no estádio do Vasco, local que não jogava há um ano. Agora, pode transformar o campo em uma espécie de segunda casa. Com Maracanã e Engenhão fechados,o Alvinegro tem a intenção de mandar mais partidas na Colina ao longo da temporada. Para isso, propôs um acordo: se o Cruz-Maltino não cobrar aluguel, não precisará pagar a dívida que tem pela venda de Fellipe Bastos em junho do ano passado para o Al Ain, dos Emirados Árabes. O clube de General Severiano cobra 5% do valor da transferência - € 18,5 mil, cerca de R$ 80,5 mil - em função do mecanismo de solidariedade por ter formado o volante, atualmente com 26 anos, nas categorias de base.


O Botafogo, que pagou R$ 10 mil pela locação do estádio diante da Portuguesa, assumiria apenas as despesas com o quadro móvel nessas partidas. O acordo já estaria verbalmente acertado entre os presidentes Carlos Eduardo Pereira e Eurico Miranda, faltando só a assinatura - o GloboEsporte.com tentou contato com os dois mandatários para comentar o assunto na última quarta-feira, mas não obteve retorno. Ambas diretorias têm boa relação e são aliadas da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) no racha com a dupla Fla-Flu. No ano passado, quando o Vasco mandou o clássico contra o Fluminense na 33ª rodada do Brasileiro no Engenhão, não foi cobrado aluguel, conforme registrado no borderô do jogo (veja na imagem abaixo).




Para fechar o acordo, porém, há duas preocupações: jogos na mesma data - o que não deve ocorrer durante o Brasileiro pelo fato de as equipes estarem em divisões diferentes - e a preservação do gramado com o excesso de atividades no local - além das partidas, o Vasco também treina diariamente no estádio.


Apesar de o valor da dívida ser considerado baixo, ela pode causar grandes prejuízos ao Cruz-Maltino. O clube foi notificado pelo Comitê Disciplinar da Fifa no início de dezembro e teve prazo estipulado de um mês para pagar sob risco de perder três pontos no Campeonato Brasileiro. A hipótese foi rechaçada pelas duas diretorias na época, mas o tempo dado passou, a dívida continua em aberto, e a ameaça de perda de pontos pode voltar em 2016.

Botafogo vem utilizando São Januário nos primeiros jogos do Campeonato Carioca por R$ 10 mil (Foto: Felippe Costa)


O Botafogo tem um aproveitamento de 56,3% jogando em São Januário. De acordo com dados levantados pela agência WSC Consultoria Esportiva, a pedido do GloboEsporte.com, foram 136 partidas do Alvinegro no campo do Vasco, considerando apenas jogos oficiais no Carioca, Brasileiro, Rio-São Paulo e Libertadores. No total, são 66 vitórias, 32 empates e 38 derrotas.


Por Thiago Lima/Rio de Janeiro/GE