terça-feira, 29 de março de 2016

Botafogo assina com Marquinho, mas continua atrás de meia e centroavante


Alvinegro já tem pré-contrato com jogador do Macaé até dezembro de 2017 e segue de olho no mercado. Ainda esperando por Júnior Dutra, diretoria sondou Alan Kardec





Primeiro reforço para Brasileiro, Marquinho assinou
 até fim de 2017 (Foto: Tiago Ferreira/Macaé Esporte)
O Botafogo segue se movimentando no mercado para tentar reforçar o elenco para o Campeonato Brasileiro - as inscrições para o Carioca já se encerraram -, e Marquinhos Pedroso não é o único alvo. Além do lateral-esquerdo de 22 anos do Figueirense, que recebeu uma proposta de empréstimo, o Alvinegro carioca assinou esse mês um pré-contrato com o meia Marquinho, do Macaé, até dezembro de 2017. A diretoria já tinha um acerto verbal com o jogador de 26 anos, que terá salário de R$ 20 mil e chegará à General Severiano no fim do mês de maio, quando expira o seu vínculo com o Alvianil Praiano.


E a caçada não para por aí. Marquinho será o primeiro reforço para o Brasileiro e o sétimo meia do elenco, ao lado de Gegê, Gervasio "Yaca" Núñez, Leandrinho, Marcinho, Lizio e Salgueiro.


Entretanto, a diretoria ainda deseja mais um jogador que chegue para disputar a posição de titular e municie os atacantes, o que vem sendo considerado um problema da equipe. Leandro Aguiar, revelação do America neste Carioca, chegou a abrir negociações, mas o interesse acabou esfriando e o jogador acertou com a Tombense. Falando em atacante, a busca por um centroavante continua, tanto dentro quanto fora do Brasil. Alan Kardec, que vem sendo reserva no São Paulo, chegou a ser sondado, mas o clube paulista avisou que não tem o interesse de liberar o jogador.


Um dos alvos no exterior é Júnior Dutra, que está apalavrado com o Botafogo e recentemente abriu uma nova rodada de conversas para negociar a sua saída do Al Arabi, do Catar, onde não tem sido aproveitado. O Alvinegro ofereceu um contrato por empréstimo de uma temporada arcando apenas com a remuneração, mas para isso o brasileiro de 27 anos revelado pelo Santos precisa chegar sem custos. Com mais uma vaga para estrangeiros no elenco, a diretoria segue monitorando também o mercado sul-americano e analisando vários nomes atrás de um centroavante "cascudo". Apesar de não ter pressa, a primeira janela de transferências internacionais fecha no próximo dia 20 de abril.


Por Chandy Teixeira e Thiago Lima/Rio de Janeiro/GE