sábado, 12 de março de 2016

Sem Emerson, Ricardo treina bolas aéreas com Renan Fonseca e Carli


Zagueiro aparece no campo de tênis e faz trabalho à parte, mas Botafogo diz que não será problema para clássico. Técnico mostra preocupação com bola parada do Flu





Emerson apareceu em campo de tênis, mas clube
garante que ele não preocupa (Foto: Thiago Lima)
No último treino antes da estreia do Botafogo na Taça Guanabara, Ricardo Gomes teve um desfalque: Emerson apareceu no gramado de General Severiano na manhã deste sábado usando tênis e só correu em volta do gramado. Preocupação para o clássico contra o Fluminense domingo? O clube garante que não, informou que o zagueiro foi apenas poupado pelo preparador físico Ednilson Sena por causa do desgaste e que ele viajará normalmente com a delegação à tarde para Volta Redonda. Caso o jovem defensor, de 20 anos, seja vetado de última hora, seu provável substituto será Renan Fonseca, que fez dupla de zaga com Carli na véspera da partida.


Para enfrentar o Fluminense de técnico novo - será a estreia de Levir Culpi com o time titular do adversário -, Ricardo Gomes mostrou preocupação com a bola parada e as jogadas aéreas e proibiu imagens do treino enquanto trabalhava. Com Gegê e Salgueiro cruzando, Renan Fonseca, Carli e companhia tinham que marcar os reservas na área e afastar o perigo. Depois, o treinador alvinegro ensaiou jogadas ofensivas pelo lado direito do campo, com o apoio de Luis Ricardo. O comandante cobrava o movimento correto da cabeça a cada finalização errada.


Após a atividade, Salgueiro, Gegê, Lindoso, Luis Ricardo, Neilton e Renan Fonseca treinaram pênaltis. Na última sexta-feira, Ricardo Gomes admitiu que ainda não tem um cobrador oficial, e o sexteto está de olho na vaga. Lindoso, Neilton e Salgueiro - que desperdiçou uma cobrança contra o Boavista - converteram três de quatro chutes. Luis Ricardo e Gegê, dois de três. E Renan Fonseca, um de três. Até o momento, além de Salgueiro, Neilton, Luis Ricardo e Gervasio "Yaca" Núñez já tiveram oportunidades de ir para a marca da cal durante os jogos, mas só Neilton e Yaca marcaram gols.


No início da tarde deste sábado, após o almoço, os jogadores do Botafogo pegam estrada rumo a Volta Redonda, viagem que dura cerca de duas horas. A delegação ficará hospedada em hotel, e neste domingo o Alvinegro estreia neste domingo na Taça Guanabara contra o Fluminense, às 18h30 (de Brasília), no Raulino de Oliveira.

Por Thiago Lima/Rio de Janeiro/GE