sexta-feira, 18 de março de 2016

Sem mudança: Ricardo repete time no treino aberto. Luís Henrique é ausência


Técnico do Botafogo dá pista de que não vai mexer na escalação contra o Madureira. Atacante de 18 anos faz exames de equilíbrio muscular em clínica, mas está liberado





Ricardo reuniu os jogadores para uma conversa antes
 do treino começar (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
A possível mudança na equipe do Botafogo ficou só no discurso. No treino fechado da última quinta-feira, o GloboEsporte.com apurou que o técnico repetiu a escalação do empate contra o Fluminense, no último domingo. E na atividade aberta da manhã desta sexta, na Escola Naval, aberta à imprensa, também nenhuma surpresa na escalação. A única novidade foi a ausência de Luís Henrique. O atacante, que completou 18 anos na véspera, esteve em uma clínica particular com os médicos alvinegros para fazer exames de isocinética, que calculam o equilíbrio muscular das pernas para evitar lesões futuras. Segundo o clube, trata-se de um procedimento corriqueiro com todos os jogadores, e o jovem não corre risco de desfalcar o time.


Em campo, nada de coletivos. Foi dia de trabalhos leves, táticos e técnicos. Ricardo comandou os titulares em metade do campo, e eles tinham que criar jogadas e finalizar a gol, mas sem adversários marcando. O time teve Luis Ricardo, Carli, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Gegê; Salgueiro e Ribamar. O treinador orientava o tempo todo a movimentação ofensiva e as viradas de jogo. Depois, fez o mesmo com os reservas, mas começou trocando o trio de frente por Leandrinho, Gervasio "Yaca" Núñez e Neilton. Logo em seguida mudou tudo mundo, e alguns titulares apenas correram em volta do gramado.

Salgueiro deve ser mantido ao lado de Ribamar: uruguaio busca o seu primeiro gol (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Com a defesa sólida, a tendência é que, se o comandante realmente for mexer na escalação, a alteração seja no setor ofensivo. E assim, Neilton seria o principal candidato. O atacante vem entrando no decorrer dos jogos desde o dia 21 de fevereiro e ainda não teve chance no time titular - a única vez que teve oportunidade de começar uma partida nesta temporada foi em uma equipe formada por muitos reservas diante do Boavista. Após a primeira semana de trabalhos na Escola Naval, o Botafogo volta a treinar na manhã deste sábado em General Severiano. Com um ponto, o Alvinegro divide a quarta colocação da Taça Guanabara com o Fluminense e enfrenta o Madureira neste domingo, às 18h30 (de Brasília), em Los Lários.


Por Thiago Lima/Rio de Janeiro/GE