quarta-feira, 20 de abril de 2016

Com Leandrinho, Ricardo arma Bota ofensivo. Treino acaba em bate-boca


Jovem de 19 anos é novidade no meio de campo em atividade que teve o retorno da dupla de zaga titular. Mas Emerson discute com Bruno Silva, e técnico precisa intervir





No dia em que contou com o retorno de sua dupla de zaga titular, Ricardo Gomes promoveu outra novidade no Botafogo. Na manhã desta quarta-feira, em General Severiano, Leandrinho treinou na equipe principal e pode ter sua primeira chance como titular logo na semifinal do Campeonato Carioca, neste domingo, contra o Fluminense em Volta Redonda. Autor do gol da vitória sobre o Boavista, o jovem meia de 19 anos foi muito elogiado após a partida e pode ser o antídoto contra a pouca eficiência ofensiva da equipe, que tem o pior ataque entre os quatro semifinalistas: 20 gols. A atividade foi acompanhada de perto pelo presidente Carlos Eduardo Pereira e pelo gerente de futebol Antônio Lopes.

Leandrinho em ação no treino: jovem pode ter sua primeira chance como titular do Botafogo (Foto: Marcelo Baltar)

Como o Fluminense tem a vantagem do empate, o Botafogo precisará vencer o clássico para avançar à decisão. Por precisar de gols, Ricardo Gomes abriu mão do esquema com três volantes e comandou coletivo, em campo reduzido, com Jefferson, Luis Ricardo, Emerson, Joel Carli, Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê, Leandrinho, Salgueiro e Ribamar. Na parte final, o comandante testou uma formação ainda mais ofensiva, como possibilidade do que possa vir a acontecer no segundo tempo da partida: Salgueiro e Gegê deram lugares a Neilton e Luís Henrique. O coletivo acabou em bate-boca de Emerson e Bruno Silva. O zagueiro reclamou que o volante perdeu a bola em três lances seguidos, o clima esquentou, e o técnico precisou intervir e encerrar a atividade. Aparentemente a confusão foi resolvida ali, e o treino terminou em clima descontraído com os jogadores tentando dar ovada no goleiro Saulo, aniversariante do dia.


A equipe reserva foi formada por Helton Leite, Diego, Renan Fonseca, Emerson Silva, Jean; Fernandes, Octávio, Lizio, Gervasio Nuñez; Neilton e Luís Henrique. Esse foi o primeiro treino com bola de Fernandes, após lesão na partida contra o Bangu. Antes do coletivo, o auxiliar técnico Jair Ventura trabalhou, à parte, com os homens de frente do elenco. O foco foram as finalizações. Participaram da atividade Ribamar, Salgueiro, Neilton, Luís Henrique, Sassá, Lizio, Gervasio, Gegê e Leandrinho. Quem pintou em campo foi Airton. Em fase de transição de uma lesão muscular na coxa esquerda, o volante trabalhou separadamente. A previsão é que ele retorne ao time em maio.


FONTE: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro