domingo, 10 de abril de 2016

Em jogo ruim, Bota vence Bangu com pênalti nos acréscimos e está na semi


Time de General Severiano joga mal, desperdiça chances, mas garante classificação no Campeonato Carioca. Lindoso faz cobrança que garante a vaga







Em jogo de baixo nível técnico em São Januário, o Botafogo venceu o Bangu por 1 a 0 com um gol de pênalti aos 47 minutos do segundo tempo, de Rodrigo Lindoso, e está na semifinal do Campeonato Carioca. Nenhuma das equipes exerceu um domínio mais amplo na partida e, embora o time de General Severiano tenha criado algumas oportunidades, faltou pontaria para empurrar a bola para o gol. Não fosse a falta sofrida por Luís Henrique dentro da área, o empate seria um resultado perigoso, que deixaria o clube em grande risco na última rodada, contra o Boavista. A vitória fez com que a equipe tomasse a terceira posição do Flamengo e, com 11 pontos, a vaga está assegurada. O público para a partida também decepcionou: 1.509 pagantes.

Se o empate que se desenhava seria péssimo para o Botafogo, aumentando consideravelmente o risco de eliminação na última rodada da Taça GB, a vitória deixou a equipe comandada por Ricardo Gomes em situação confortável, já classificada para a semifinal do Carioca. O Bangu, por sua vez, já está eliminado.

Ribamar, do Botafogo, disputa bola na vitória magra sobre o Bangu (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Logo no início do jogo, chances para os dois lados, com Emerson Silva e Almir. O Botafogo ainda teria mais finalizações de cabeça, mas sem balançar a rede. O jogo transcorreu em ritmo lento, com poucas chances para ambos os lados. No fim da etapa, duas boas oportunidades para o Botafogo. Aos 42, Gegê teve oportunidade e bateu com perigo. Três minutos depois foi a vez de Salgueiro, que arrancou e bateu para o gol. A bola raspou o travessão.

No segundo tempo, o Botafogo por muito pouco não abriu o placar aos oito minutos. Com três alvinegros contra dois defensores, Luís Henrique invadiu a área e carimbou a trave. Na sequência, Salgueiro tentou, mas a bola desviou na zaga. O jogo novamente ficou em ritmo lento, com muitos erros de passe. As chances ficaram ainda mais raras e o empate sem gols só não prevaleceu porque nos últimos minutos, Neilton passou para Luís Henrique, que foi derrubado na área. Lindoso cobrou e fez o gol da vitória: 1 a 0.


Por GloboEsporte.com/Rio de Janeiro