quinta-feira, 7 de abril de 2016

Fernandes engata sequência e tenta driblar falta de concentração


Titular nos últimos três jogos, jovem recupera espaço com a lesão de Airton na reta final do Campeonato Carioca. Ricardo Gomes elogia talento, mas cobra mais foco




Demorou mais do que o esperado, mas, enfim, Fernandes terá uma sequência na temporada. Titular e elogiado nos últimos três jogos do Botafogo, o volante ganhou espaço com a lesão de Airton, que deve ficar um mês afastado dos gramados. A oportunidade surge em um momento importante do Campeonato Carioca, que se aproxima da reta final.


- Caso eu seja o escolhido, estarei pronto para dar o meu melhor e retribuir essa confiança que tenho recebido. É uma fase decisiva do estadual, a parte do campeonato que qualquer jogador gosta de jogar. Tenho a experiência do ano passado, que me fez crescer muito como atleta - disse Fernandes.

Fernandes recuperou espaço nos treinos e foi bem nos últimos três jogos (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Titular com Ricardo Gomes até lesionar o joelho na partida contra o Sampaio Corrêa, em outubro passado, Fernandes perdeu espaço no início da temporada. Segundo Ricardo Gomes, talento o garoto tem. Falta concentração.

- Tenho buscado me preparar melhor tanto para os jogos, como para os treinos. Têm atletas que reclamam do período de concentração, do tédio, de ficar longe da família muito tempo. Realmente, têm fatores que acabam incomodando. Mas é preciso tirar proveito dos benefícios. Eu tento aproveitar melhor esse tempo de preparação. Às vezes, os detalhes fazem diferença. Descansar mais, se distrair menos e trabalhar a sua concentração como forma de se preparar para os jogos. Hoje, vejo como é essencial entrar em uma partida mais concentrado. Posso dizer que me preparo melhor mentalmente, o que tem me ajudado. Sei que ainda tenho muito a evoluir, mas acredito estar no caminho certo - ponderou o jogador.

A concentração parece estar funcionando. Fernandes acordou. Nos últimos três jogos, foi o melhor em campo contra o Volta Redonda, um dos destaques no clássico diante do Flamengo e iniciou a jogada do gol de Luís Henrique, que deu a vitória ao Botafogo contra o Coruripe, pela Copa do Brasil (veja no vídeo abaixo). A boa sequência vem rendendo elogios, mas também alertas de Ricardo Gomes.

- O Fernandes era o meu titular no ano passado. Como ele estava suspenso na estreia do Carioca, preparei o time sem ele na pré-temporada. Parece que ele voltou com a cabeça longe nas férias. Estava longe nos treinos. O problema dele é de concentração... Mas felizmente o Fernandes está entrosado, e esse problema do Airton está equacionado - alertou e elogiou Ricardo Gomes.





Mudança tática

A entrada de Fernandes no time não é uma simples mudança de nomes, mas também uma questão tática, uma vez que o jovem tem características muito diferentes das de Airton. Com Fernandes, Rodrigo Lindoso é recuado para exercer a função de primeiro volante. Bruno Silva segue pela direita, com Fernandes mais solto pelo meio. A qualidade no passe é a aposta de Ricardo Gomes.

- Sempre procurei ser um jogador versátil. O futebol moderno pede isso. Não adianta ter um passe perfeito, se não tem dinâmica de jogo, se não tem boa leitura tática. Por isso, venho me preparando ainda mais para poder atuar em outras funções e me adaptar bem ao que o professor pedir. O Airton tem características um pouco diferentes das minhas, mas junto com meus companheiros, podemos arranjar alternativas para substituí-lo da melhor forma possível.


Fonte: Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro/GE