domingo, 3 de abril de 2016

O bicho pegou! Ribamar dá trabalho a zagueiros e sai com moral de clássicos


Jovem do Botafogo vai bem nos duelos com o tricolor Henrique, o vascaíno Rodrigo e o flamenguista Juan. Ricardo: "Para um garoto de 18 anos, está fazendo muita coisa"



Bem que Ricardo Gomes avisou: é difícil intimidar o Ribamar. Com apenas 18 anos, o jovem atacante do Botafogo mostrou maturidade para encarar os seus primeiros clássicos como profissional e não titubeou na frente de zagueiros muito mais experientes, como por exemplo Henrique (29 anos), do Fluminense, Rodrigo (35 anos), do Vasco, e Juan (37 anos), do Flamengo. Apesar de o Alvinegro ter vencido só um de cinco confrontos contra os rivais, o garoto vem se destacando nestes embates. Marcou dois gols, sofreu pênaltis e chamou a atenção do técnico Rogério Micale, que o convocou para a seleção brasileira sub-20 durante a semana.

Ribamar marcado de perto por Juan (Flamengo), Luan (Vasco) e Renato Chaves (Fluminense) (Foto: Infoesporte)




Nos clássicos contra o Fluminense, Ribamar marcou os seus primeiros e únicos gols como profissional: um antecipando Henrique e batendo de primeira, e outro desviando com o peito o chute de Gegê. Depois, foi a vez de encarar o Vasco. E o jovem deu trabalho a Rodrigo, que atuou mesmo com um problema no ombro. No reencontro, o zagueiro vascaíno chegou a dizer que com ele 100% "o bicho iria pegar" para o atacante alvinegro, mas em campo o garoto só foi parado com falta - inclusive um pênalti não marcado pelo árbitro. No último sábado, foi a vez de duela pela primeira vez com o Flamengo, e logo no início do jogo deixou Juan para trás na corrida com uma grande arrancada. No segundo tempo, novamente foi decisivo ao se antecipar a Wallace na área e sofrer a penalidade do defensor rubro-negro (veja os lances abaixo).



RIBAMAR X HENRIQUEAtacante se antecipa ao tricolor e marca seu primeiro gol pelo Bota



RIBAMAR X RODRIGO Atacante dá trabalho a vascaíno e só é parado com faltas pelo rival


RIBAMAR X WALLACE Atacante se antecipa ao rubro-negro na área e sofre pênalti



Ribamar marcou gols, sofreu pênaltis... Só ainda não deu assistências. E esse é um dos pontos que o atacante precisa melhorar. Por vezes ele tenta a jogada individual ou a finalização mesmo com melhores opções de jogadas, sem perceber um companheiro melhor posicionado. Quem esteve no sábado Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, sábado em Juiz de Fora (MG), viu Salgueiro em alguns momentos se irritar com o garoto por não ter passado a bola. Em um lance aos 33 minutos do primeiro tempo (veja no vídeo abaixo), a imagem das câmeras de televisão não flagra, mas pouco depois da finalização torta o garoto é chamado a atenção pelo experiente meia uruguaio, que apontava para Rodrigo Lindoso entrando sozinho pelo lado direito.


E o Botafogo desperdiçou alguns contra-ataques em que poderia ter matado o jogo, mas não o fez e acabou castigado pelo empate. Questionado se poderia ser um pouco de afobação do garoto em momentos de maior adrenalina, Ricardo Gomes discordou. O técnico alvinegro enxergou o fato com naturalidade, citou também o desgaste e lembrou que Ribamar já está superando as expectativas pela pouca idade que tem.


Ele foi convocado para a seleção sub-20, se fizesse tudo certo seria convocado para a seleção de cima. Afobação? Lógico que não. (...)
Para um garoto de 18 anos, ele
está fazendo muita coisa"
Ricardo Gomes, sobre Ribamar


- Se você quiser que esse jogador de 18 anos faça tudo certo... Ele foi convocado para a seleção sub-20, se fizesse tudo certo seria convocado para a seleção de cima. Afobação? Lógico que não. Ele teve um desgaste importante essa semana, segurou... Para um garoto de 18 anos, ele está fazendo muita coisa - defendeu o treinador.


Ribamar começou 2016 ainda nas categorias de base, disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior e subiu às pressas ao lado do volante Matheus Fernandes para completar o grupo na pré-temporada no Espírito Santo. Era para ser apenas um período de experiência, mas enquanto o companheiro voltou para o sub-20 ele aproveitou a brecha e ficou. E ganhou espaço até da joia Luís Henrique, também de 18 anos e que vinha sendo mais badalado após ser promovido aos profissionais em 2015. Ribamar deve enfrentar o Coruripe nesta terça-feira, na estreia da Copa do Brasil, porém, irá desfalcar a equipe no próximo domingo, contra o Bangu, pelo Carioca. Isso porque ele vai se apresentar à seleção sub-20 dos dias 10 a 15 para treinos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).



Fonte: GE/Por Thiago Lima/Juiz de Fora, MG