domingo, 17 de abril de 2016

Por vantagem na semifinal, Bota tenta derrubar o Boavista, invicto em Bacaxá



Se vencer e passar Fluminense ou Vasco no saldo de gols, Alvinegro vai jogar por um empate para ir à decisão carioca. Com 86,6% em casa, Verdão ainda sonha com vaga




De olho em lucro com bilheteria, o Boavista cogitou levar o jogo deste domingo, às 16h (de Brasília), pela última rodada da Taça Guanabara, para fora do estado. Estudou transferir para o estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES) - local que já havia enfrentado o Vasco -, depois pensou no Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG), mas acabou decidindo disputar a partida na sua casa mesmo. No Eucy Resende, em Bacaxá, o Verdão de Saquarema está invicto no Campeonato Carioca e com 86,6% de aproveitamento após quatro vitórias e um empate. O Botafogo será o primeiro grande a jogar por lá esse ano e terá que quebrar a boa sequência do mandante para buscar a vantagem na semifinal do estadual.


Já classificado, mas sem chances de disputar o título do turno, o Alvinegro ainda pode terminar em segundo lugar e ir para a semifinal com a vantagem do empate. Para isso, o Botafogo vai precisar derrotar o Boavista, torcer para Fluminense x Vasco não terminar empatado e tirar a diferença no saldo de gols para quem perder o clássico - a distância atualmente para o Tricolor é de cinco gols de saldo, e para o Cruz-Maltino, de dois. A seu favor, o retrospecto de estar 100% diante dos times considerados de menor investimento no Carioca.


O Boavista também entra na rodada com ambições. O time tem chances de classificação para a semifinal do estadual, ainda que remotas. Para isso, precisa ganhar e torcer para derrotas de Flamengo e Volta Redonda. Se os resultados paralelos não ajudarem, o Verdão de Saquarema ainda terá motivos para comemorar a vitória. Três pontos significam avançar à semifinal da Taça Rio contra os dois primeiros do Grupo D e quebrar o jejum contra os grandes neste estadual.


Maurício Machado Coelho Júnior apito o jogo, auxiliado por Wagner de Almeida Santos e Thiago Henrique Farinha. O Premiere transmite a partida, e o GloboEsporte.com acompanha tudo em Tempo Real, com vídeos.





Boavista: para a partida, o Verdão de Bacaxá terá todos os jogadores que entraram em campo na última rodada à disposição. Com isso, a tendência é que o comandante Rodrigo Beckham repita a escalação da equipe que acabou derrotada pelo Flamengo em Volta Redonda. O time deve ter: Milton Raphael; Léo Cunha, Anderson Luiz, Luiz Alberto e Romarinho; Douglas Pedroso, Thiago Silva, Wilian Maranhão; Reinaldo, Matheus Paraná e Leandrão.

Botafogo: com muitos desfalques, Ricardo Gomes resolveu mudar a formação, desfez a trinca de volantes e vai promover a volta do 4-4-2. A zaga vai ser reserva, e a única dúvida é com relação à dupla de ataque. Ribamar voltou no sábado após período com a seleção brasileira sub-20 e deve jogar, apesar de não ter treinado com a equipe. A tendência é que o time tenha Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê e Salgueiro; Neilton (Ribamar) e Luís Henrique.




Boavista: ninguém.


Botafogo: Carli está suspenso; Airton e Fernandes estão no departamento médico; Sassá e Andreazzi fazem transição após cirurgias, e Emerson foi poupado para a semifinal.





Boavista: Matheus Paraná, Leandrão, Luiz Alberto, Reinaldo, Thiaguinho e Thiago Silva.


Botafogo: Fernandes.



Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Rio de Janeiro