segunda-feira, 30 de maio de 2016

Bota começa semana com novidades, mas prega cautela com reforços


Dudu Cearense se apresenta nesta segunda, e Camilo faz exames na terça. Ricardo Gomes diz que contratações serão encaixadas aos poucos. Acerto com Alex é difícil





Dudu Cearense se apresenta nesta segunda
(Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás E.C.)
A derrota por 1 a 0 para o Fluminense encerrou, de forma triste, uma semana intensa do Botafogo. Os próximos dias, no entanto, também prometem muitas novidades. A primeira delas será Dudu Cearense. Contrato na última sexta-feira, o volante se apresenta nesta segunda. Das últimas contratações, o jogador é o único que tem condições de estrear nos próximos jogos.

Na terça à tarde será a vez de Camilo. O meia passará por exames médicos e deve começar a treinar nesta semana. No entanto, ele só poderá a estrear em 22 de junho, na 10ª rodada, contra o Figueirense, quando a janela de transferências internacionais estará aberta.

Na mesma situação estão Rodrigo Pimpão e Canales. Até a 10ª rodada, a dupla de atacantes não estará à disposição de Ricardo Gomes. Pimpão retornou ao Brasil na última quinta-feira e está em Coritiba com a família. Como ele ainda tem contrato com o Emirates Club, o Botafogo tenta uma liberação para ele começar a treinar. A situação deve ser definida nos próximos dias. O chileno, por sua vez, é aguardado na sexta-feira.

- Estou satisfeito com os reforços contratados. Mas teremos poucos dias de treino. Não tem como arrumar uma sequência de treinos para entrosar os jogadores. Não é o caso. Os jogadores que estão chegando, aos poucos, serão colocados nos jogos e, consequentemente, irão se entrosar. Não é só contratar e esperar que a resposta seja imediata. Ainda mais no meio de campo e no ataque. É muito difícil. Isso pode acontecer com um zagueiro, no máximo com um lateral, como foi o caso do Victor Luis. Temos que ter consciência, mas estou bem confiante – disse Ricardo Gomes.


Alex mais longe

Alex (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)
Enquanto aguarda a apresentação de seus novos reforços, o Botafogo ainda busca nomes no mercado. O principal deles é Alex, mas a negociação não é fácil. Outrora otimista, os últimos acontecimentos, aparentemente, deixaram o meia mais distante do Rio de Janeiro.

Alex foi um dos destaques da vitória colorada por 1 a 0 sobre o Santos, neste domingo. Nos últimos dias, o jogador postou mensagens exaltando seu atual clube nas redes sociais. A turbulência com o técnico Argel Fucks parece, por ora, ter acalmado.

O Inter não se opõe à saída de Alex, mas a pessoas próximas o meia não descartou, mas também não se mostrou muito animado com a transferência. A amigos, ele descreve sua situação no Colorado como “confortável”. Apesar de reserva, sua família gosta de Porto Alegre, ele tem uma história de títulos no clube, além de um bom contrato até o fim de 2017.

O Botafogo oferece a titularidade e um salário um pouco menor – cerca de R$ 50 mil a menos mensais. Alex, no entanto, teme pela campanha do Botafogo no Campeonato Brasileiro, uma vez que a equipe carioca não é tida como uma das favoritas na competição. A situação, porém, por enquanto não está definida, e uma reviravolta pode ocorrer nas próximas horas.

- Não tem nada novo. Estamos aguardando uma resposta – disse o gerente de futebol, Antônio Lopes.

Em caso de negativa de Alex, o Botafogo deve buscar outro nome para reforçar a criação.

- O Botafogo está sempre aberto ao mercado – ponderou Lopes.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro