terça-feira, 24 de maio de 2016

Botafogo chega a acordo salarial e encaminha acerto com meia Camilo


Segundo empresário, falta apenas aval de Ricardo Gomes para selar contratação e o jogador se tornar o sétimo reforço do Alvinegro para o Campeonato Brasileiro





Sonho antigo, Camilo pode ser contratado pelo Bota
após tentativa frustrada em 2015 (Foto: Jessica Mello)
A busca por um camisa 9 segue intensa eCanales é o nome da vez, mas enquanto isso o Botafogo está perto de fechar com mais um meia para o elenco: trata-se de Camilo, de 30 anos e que estava no Al Shabab, da Arábia Saudita. Após ficar cinco meses sem receber no mundo árabe e entrar em acordo com o clube para sua liberação, o jogador voltou ao Brasil na semana passada e estava próximo de acertar um retorno para a Chapecoense, por onde se destacou no país. Mas pressionado pela torcida por reforços, o Alvinegro entrou forte na jogada na última segunda-feira, fez contato com o empresário Francis Leonardo e já chegou a um acordo salarial para o atleta se tornar o sétimo reforço do time para o Campeonato Brasileiro.


- O negócio esquentou ontem à noite, o Botafogo me procurou e já temos um acordo salarial. O nome foi levado ao Ricardo Gomes e estamos aguardando esse telefonema - revelou o agente.


A negociação está sendo conduzida pelo gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes, e pelo diretor jurídico de futebol, Gustavo Noronha. Camilo é um sonho antigo da comissão técnica e quase foi contratado em dezembro. Na época, após se valorizar no último Brasileirão, o meia também chegou a acertar as bases salariais com o Alvinegro, mas a Chapecoense pediu R$ 2 milhões para ceder os 50% dos direitos econômicos que tinha do jogador, esfriou o negócio e acabou o vendendo para o mundo árabe. Agora a diretoria tenta uma nova investida.


De volta ao Brasil e livre no mercado, Camilo recebeu sondagens de Santa Cruz, América-MG, Bahia e Figueirense, mas pelo carinho com a Chapecoense já estava de malas prontas para voltar ao ex-clube quando ficou balançado com a proposta do Botafogo, que é o time de seu pai e onde ele tem o desejo de jogar. Ainda nesta terça-feira deve sair uma definição. Se o acerto com o Alvinegro não acontecer, ele irá para a equipe catarinense.


Se a negociação se concretizar, Camilo será o sétimo reforço do Botafogo para o Brasileiro. Já foram contratados os atacantes Rodrigo Pimpão (ex-Emirates Club), Anderson Aquino (ex-Linense) e Geovane Maranhão (ex-Madureira); o meia Marquinho (ex-Macaé), o lateral-esquerdo Victor Luis (ex-Palmeiras) e o goleiro Sidão (ex-Audax). Dos seis, apenas Pimpão ainda não se apresentou em General Severiano.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago LimaRio de Janeiro