sexta-feira, 10 de junho de 2016

Cambiasso é oferecido ao Botafogo, mas negociação é considerada difícil


Volante argentino de 35 anos e que já disputou duas Copas do Mundo poderia ser o astro após Seedorf no Alvinegro. Porém, idade avançada e altas cifras pesam contra




Cambiasso já disputou duas Copas e venceu a Liga
dos Campeões pela Inter de Milão (Foto:Getty Images)
Apesar da discussão em torno do custo benefício de Seedorf, a contratação do craque holandês em 2013 ajudou a promover a marca Botafogo em vários países, e o clube não descarta repetir o projeto com um novo astro mundial. E quem poderia assumir a vaga deixada pelo meia é Esteban Cambiasso, volante argentino de 35 anos que já disputou duas Copas do Mundo, foi campeão da Liga dos Campeões da Uefa com a Inter de Milão, da Itália, em 2009-2010 e atualmente defende o Olympiacos, da Grécia. O experiente jogador foi oferecido por um grupo de empresários e chegaria para dividir a responsabilidade com os jovens do elenco, virar atração para a torcida e ser a estrela do time de Ricardo Gomes.


Cambiasso poderia ser contratado mesmo com o Botafogo já possuindo cinco gringos: os argentinos Carli e Gervásio "Yaca", o chileno Canales, o uruguaio Salgueiro e o boliviano Lizio. Isso porque o limite de estrangeiros permitidos pela CBF é por partida, ou seja, só cinco poderiam ser relacionados a cada rodada. O nome despertou interesse e está sendo analisado, mas segundo o GloboEsporte.com apurou a negociação foi considerado de alto risco. Pesa contra o argentino a idade avançada - ele completa 36 anos em agosto - e os altos valores envolvidos. O salário giraria em torno de 100 mil euros, sem contar luvas e talvez uma pedida do Olympiacos, onde o jogador tem contrato até junho de 2017. Um facilitador seria conseguir uma liberação do clube grego, porém, internamente, já há quem veja o negócio como frio em General Severiano.


Em entrevista nesta semana ao GloboEsporte.com, o novo vice-presidente de finanças do Botafogo, Luiz Felipe Novis, revelou que o clube ainda tem uma margem para investir em um camisa 10 e não descartou a contratação de um novo astro como Seedorf, mas com ressalvas.


- Não está descartado. Mas se vier, vamos fazer um trabalho que não foi feita na época do Maurício Assumpção. Com uma garantia de que vamos usufruir mais das receitas que um jogador desse porte pode trazer. Se tivéssemos ganho uma Libertadores com ele (Seedorf), seria diferente. Mas não ganhamos. Ganhamos um Carioca. Foi legal e tudo, mas não fecha a conta.


Cambiasso começou a carreira no Argentinos Juniors em 1995 e passou pelo Independiente e Rivar Plate na Argentina antes de ir para o futebol europeu. No Velho Continente, jogou na Espanha pelo Real Madrid, ficou nove temporadas na Itália, defendendo a Inter de Milão, e passou por último na Inglaterra com o Leicester City, antes de chegar à Grécia. Pelo Olympiacos, disputou 10 partidas em 2016 e marcou três gols.


Fonte: Por Thiago Lima*Rio de Janeiro*Com informações de Thiago Franklin, do blog Um Facho de Luz