quarta-feira, 15 de junho de 2016

Sassá de baixo: atacante faz 3, e Bota entrega a lanterna para o América-MG


Camisa 9 ganha vaga de Ribamar e comanda vitória alvinegra por 3 a 1, no Raulino Oliveira. Resultado tira time carioca do Z-4 e afunda o Coelho






Foi uma noite para o Botafogo espantar todos seus demônios. O time não marca gol? Fez três só no primeiro tempo. Os atacantes estão de mal com as redes? Sassá, que ganhou a posição de Ribamar, foi de hat-trick em Volta Redonda. Zona de rebaixamento e última colocação? Os dois ficaram para trás. Pressionado, o Alvinegro, comandado por Sassá, venceu o América-MG por 3 a 1, no Raulino Oliveira. De quebra, entregou na bandeja a lanterna para a equipe mineira. Sávio descontou para o Coelho.

Insatisfeito com o desempenho ofensivo da equipe, Ricardo Gomes fez três trocas: Gervasio Nuñez, Neilton e Ribamar ganharam as vagas de Gegê, Anderson Aquino e Ribamar. Nos primeiros minutos, os erros de passe se repetiram. No entanto, um chute de Yaca rente à trave acordou o time. Logo depois começou o show de Sassá. Derrubado na área, o próprio abriu o placar em cobrança de pênalti. Aos 31, Neilton roubou a bola de Adalberto e deixou Sassá livre para ampliar. Cinco minutos depois, o camisa 9, em noite inspiradíssima, foi derrubado pelo goleiro João Ricardo. Nova penalidade, novamente convertida pelo centroavante.


Depois do intervalo, o técnico português Sergio Vieira voltou com Sávio no lugar de Eduardo. Deu certo. Logo aos dois minutos, Sávio aproveitou rebote de Sidão e diminuiu. Logo depois, Osman quase marcou, mas Renan Fonseca salvou em cima da linha. Aos poucos, no entanto, o Botafogo se reencontrou e equilibrou o jogo. Cansado, o time pisou no freio, mas não passou mais sustos e controlou a vitória até o fim.

Sassá marcou os três gols da vitória do Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

A vitória foi suficiente para tirar, provisoriamente, o Botafogo da zona de rebaixamento. Com o resultado, o Alvinegro saltou para a 16ª colocação e deixou o Z-4. O América-MG, com cinco pontos, caiu para a última colocação. A chance de se recuperar será no sábado, às 21h, contra o Coritiba, no Independente. O Botafogo, por sua vez, visita o Corinthians no domingo, às 16h, na Arena.


A nota negativa ficou nas arquibancadas. Jogo após jogo, os públicos do Botafogo em Volta Redonda vêm batendo recordes negativos. Nesta quarta-feira, apenas 833 torcedores torcedores comparam ingressos – o pior público do Brasileirão 2016. A renda foi de R$ 19.580,00.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Volta Redonda, RJ