sábado, 9 de julho de 2016

Coritiba e Botafogo ficam no empate e seguem "namoro" com o Z-4



Equipes fazem boa partida no Couto Pereira, mas não conseguem mexer no placar e ficam próximas da degola. Coxa ainda pode terminar a rodada entre os quatro últimos




Coritiba e Botafogo até que fizeram um jogo animado neste sábado na abertura da 14ª rodada do Brasileirão. Bolas na trave, defesas incríveis dos goleiros, lances perigosos... Mas gol que é bom, nada. Um 0 a 0 no placar do estádio Couto Pereira nada bom para os dois times, que seguem muito próximos da zona de rebaixamento.


O Coxa chegou aos 15 pontos (16º lugar), mas pode retornar ao Z-4 dependendo dos resultados. Com um ponto a mais, o Botafogo pulou para o 14º posto e, embora esteja a um ponto do corte para degola, não tem como voltar para zona do rebaixamento. No próximo sábado, o Alvinegro faz o clássico com o Flamengo. Dois dias depois, também pela 15ª rodada, o Coritiba visita o Atlético-MG.

Airton e Kleber disputam jogada (Foto: GERALDO BUBNIAK/AGB/ESTADÃO CONTEÚDO)

Com três jogadores na frente (Leandro, Kleber e o turco Kazim, que estreava como titular) e precisando vencer para sair da zona do rebaixamento, o Coritiba começou a partida tentando sufocar o Botafogo. E logo aos três, quase marcou. Após cruzamento rasteiro de Emerson Conceição, outro estreante do dia no Coxa, Kazim chegou na frente da zaga e desviou rente à trave.


Camilo perde boa chance

O Botafogo, que contou com o retorno de Airton, ameaçou pela primeira vez aos 12 com Neilton que puxou rápido contra-ataque após um passe errado de Juan. A jogada animou o Alvinegro, que conseguiu diminuir a pressão do rival e teve chance clara para abrir o placar aos 15. No entanto, Camilo, sozinho na entrada da pequena área, conseguiu chutar em cima do goleiro Wilson, que saiu de forma arrojada e também teve mérito no lance.





Diante de um Botafogo bem postado na defesa, o Coritiba só conseguiu levar perigo novamente aos 35 numa jogada individual de Leandro. O atacante foi ao fundo e cruzou rasteiro para Kleber chutar para boa defesa de Sidão.


Sidão faz defesa incrível

Mas boa defesa mesmo veio quase no final do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Kleber, dentro da pequena área, chutar à queima roupa. No reflexo e em cima da linha, Sidão defendeu com os pés e evitou o gol do Coxa.





Bolas na trave

O Coritiba voltou para o 2º tempo com a mesma disposição que iniciou a partida: pressão no Botafogo. Aos sete, João Paulo bateu falta na área, e o zagueiro Juninho cabeceou na trave.


Aos 11, o Coxa voltou a carimbar o poste. Só que contra o próprio patrimônio. Após cruzamento de Sassá, Emerson Conceição foi tentar cortar e acabou chutando – de canela - no travessão.






Com o decorrer da partida, a intensidade do Coxa foi caindo, enquanto o Botafogo, bem armado pelo técnico Ricardo Gomes, equilibrou as ações. Pachequinho até tentou mudar o time – fez as três mudanças permitidas quase que seguidas -, mas em vão.

Botafogo x Coritiba (Foto: GERALDO BUBNIAK/AGB/ESTADÃO CONTEÚDO)

Em situação um pouco melhor que o rival na tabela, adversário direto na briga contra a degola, o Botafogo foi se contentando com o empate, que acabou sendo o resultado mais justo para ambas equipes.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Curitiba