sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Ricardo Gomes deixa o Botafogo e será o novo técnico do São Paulo


Ricardo Gomes deixa o Botafogo e será o novo técnico do São Paulo



Ricardo deixa o Botafogo na zona de
rebaixamento do Brasileirão
(Foto: Satiro Sodré/SSpress/Botafogo)
Ricardo Gomes será o novo técnico do São Paulo. Ele aceitou a proposta do clube do Morumbi e, na tarde desta sexta-feira, acertou sua saída do Botafogo, time que dirigia desde a metade do ano passado, quando ganhou o título da Série B e o acesso à elite do Campeonato Brasileiro. O anúncio será feito no máximo até sábado.


O treinador chega ao Tricolor para substituir Edgardo Bauza, agora comandante da seleção argentina. Desde sua saída, Ricardo Gomes foi um dos nomes sugeridos por gente próxima ao presidente Carlos Augusto de Barros e Silva.


Desde que perdeu Bauza, o São Paulo vem sendo treinado interinamente por André Jardine. O técnico da equipe sub-20 venceu seu primeiro jogo, por 2 a 1, contra o Santa Cruz. Apesar dos elogios por parte dos jogadores, a diretoria não tinha a ideia de efetivá-lo.


Ricardo Gomes foi o comandante do Botafogo na campanha da Série B do Campeonato Brasileiro de 2015, em que a equipe conquistou o título e o acesso. Neste ano, chegou a ser sondado pelo Cruzeiro durante as finais do Campeonato Carioca – o time perdeu a final para o Vasco –, mas recusou a proposta do time mineiro. Na ocasião, renovou até dezembro de 2017, em acordo que previa multa rescisória. O novo contrato, porém, nunca foi assinado.


No Botafogo, dois nomes ganharam força nas últimas horas para substituir Ricardo Gomes. Milton Mendes, ex-Santa Cruz, já foi procurado por intermediários. Ele é tido como um treinador de potencial, além de ter um salário dentro da realidade alvinegra. Não está descartada, porém, a efetivação de Jair Ventura, auxiliar permanente do Botafogo. Jair vai comandar o time no domingo, contra o São Paulo, e será auxiliado pelo preparador físico Emílio Faro.


Ricardo volta ao São Paulo após seis anos. O treinador deixou o clube do Morumbi no dia 6 de agosto de 2010, logo após a eliminação na semifinal da Taça Libertadores diante do Internacional. Depois, teve passagem marcante pelo Vasco, onde conquistou a Copa do Brasil de 2011 e, durante o Campeonato Brasileiro daquele ano, sofreu um AVC. Ficou entre a vida e a morte, mas se recuperou e voltou a exercer o cargo no Botafogo.


O trabalho do técnico é muito elogiado pela atual gestão tricolor. Atual presidente, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, era vice de futebol na primeira passagem de Ricardo Gomes. Na ocasião, o técnico levou o time da 16ª para a quarta colocação no Campeonato Brasileiro de 2009, brigando pelo título até as últimas rodadas.


Em sua primeira passagem pelo Tricolor, Ricardo Gomes disputou 73 partidas, sendo 38 vitórias, 15 empates e 20 derrotas, o que totaliza um aproveitamento de 58,9%.


Mesmo com a confirmação da contratação, o São Paulo ainda será treinado por André Jardine no próximo domingo. Pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor encara justamente o Botafogo, ex-time do novo técnico.

Técnico deixa o Alvinegro e volta ao Morumbi após seis anos. Na primeira passagem, levou o Tricolor à semifinal da Libertadores de 2010


Fonte: GE/Por Alexandre Lozetti, Marcelo Baltar e Yan ResendeRio de Janeiro e São Paulo