quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Time de operários, Bota prega união e alto astral: “Tem feito a diferença”


Luis Ricardo destaca a força do elenco sem "medalhões", elogia o bom ambiente em General Severiano e brinca sobre Jefferson: "É um dos nossos"



Luis Ricardo: "Somos operários" 
(Foto: Marcelo Baltar/GloboEsporte.com)
De vitória em vitória, aos poucos o Botafogo começa a afastar a sombra da zona de rebaixamento. A situação ainda não é cômoda, mas, com 26 pontos, na 13ª colocação e com um jogo a menos, o Alvinegro respira mais aliviado.

O bom início de segundo turno, com duas vitórias, mudou o ambiente. A desconfiança deu lugar à autoestima, e os sorrisos aparecem com mais frequência nas últimas semanas em General Severiano. O alto astral entre os jogadores é notório nos últimos dias. A união, aliás, é apontada por um dos líderes do elenco como a força do Botafogo.

- A nossa união tem feito diferença. Não tem uma estrela aqui que podemos dizer que vai fazer uma grande diferença em todos os jogos. Mas essa união dentro de campo em feito a grande diferença para o Botafogo - destacou Luis Ricardo
.
A ausência de vaidade em excesso, na opinião do lateral, é outro ponto forte do grupo alvinegro. Luis Ricardo cita o exemplo de Jefferson, jogador mais badalado do Botafogo.

- Já trabalhei em clubes com grandes medalhões. Aqui dizemos que somos operários. Trabalhar assim é bom. O Botafogo é muito grande. É claro que a gente gostaria, se fosse possível, ter um um cara assim. Mas a gente tem o Jefferson, que dispensa comentários. Ele é dos nossos. Por mais que seja uma estrela, não se vangloria, não se acha melhor que ninguém. 

Treino do Botafogo nesta quarta-feira (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Com a semana cheia para trabalhar - o Botafogo só joga na segunda, contra o Atlético-PR -, o técnico Jair Ventura vem aproveitando o tempo para ajustar a equipe. A partir da próxima semana, o Botafogo vai enfrentar uma maratona, com quatro jogos em dez dias.

Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro