quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Arrocha! Sassá e Neilton afinam parceria por música no Botafogo


Artilheiros alvinegros em 2016, atacantes improvisam comemoração musical e tiram adversários para dançar com a boa fase: "Saiu o arrochinha lá, todo duro, mas valeu"







"Jogar por música", no dicionário do futebol, é aquele time que está jogando de forma vistosa. No Botafogo "operário" de Jair Ventura, a pegada se sobressai à parte técnica, mas o ataque é exceção: está dando a letra e tirando os adversários para dançar no Campeonato Brasileiro. Artilheiros do Alvinegro em 2016 com 12 e 11 gols, respectivamente, Sassá e Neilton estão afinando cada vez mais a parceria. E também as comemorações. Quando sai um gol da dupla, um procura o outro, e dali sai o que combinam a caminho do estádio.


A canção que embalou a vitória sobre o Fluminense por 1 a 0 na tarde da última quarta-feira, na Arena, foi "360 O Arrocha do Poder", do cantor Thiago Brava (ouça no vídeo acima). A letra ensina o remelexo, mas Neilton, autor do único gol do Clássico Vovô, admitiu que os dois se dão melhor com a bola no pé.


– A gente fez um arrocha ali. Nós sempre viemos ouvindo música antes dos jogos e falamos em comemoração caso um de nós faça gol. Hoje saiu o arrochinha lá, todo duro, mas valeu (risos). É indiscutível meu entrosamento com ele, a gente se entende bem dentro e fora de campo. O Sassá merece estar vivendo essa fase, brigando pela artilharia. O que eu puder fazer para ajudá-lo a ser artilheiro vou fazer. E o que ele tiver que fazer para me ajudar a fazer gols vai fazer. Isso que faz nosso elenco crescer e nossa amizade também.

O arrocha de Neilton e Sassá fazendo sucesso nas paradas musicais do Botafogo (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

O sucesso da dupla é tanto que deixou as contratações para o ataque em segundo plano. Contra o Fluminense, o chileno Canales e Rodrigo Pimpão ficaram no banco, enquanto Anderson Aquino sequer foi relacionado. Luís Henrique está a caminho do Atlético-PR; Geovane Maranhão jogou só 15 minutos até hoje; Ribamar já foi vendido para a Alemanha... É, a dupla titular não vai dando brecha para ninguém, e Neilton, que havia marcado pela primeira vez em clássicos no empate por 3 a 3 com o Flamengo, já até está se acostumando a ser estraga-prazeres dos rivais.


– (Risos) Fico feliz, e os dois foram aqui na Arena. Meus números aqui são muito bons. Espero aproveitar esse momento e fazer mais gols para ajudar a equipe.


Sassá e Camilo já ganharam camisas personalizadas em uma linha casual lançada pelo departamento de marketing do clube em parceria com a empresa "Touts". Será que Neilton vai ser o próximo modelo com sua dancinha? O Botafogo chegou ao 10º lugar com 32 pontos, a cinco do G-4. O Alvinegro se reapresenta na tarde desta quinta em General Severiano e volta a campo no próximo domingo, contra o Cruzeiro no Mineirão.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro