sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Bota treina sem quatro titulares, e Jair adia definição do time contra Cruzeiro


Sassá e Dudu Cearense são poupados e ficam na academia, enquanto Carli apenas corre em campo; com dores na coxa esquerda, Airton segue fora e deve ser desfalque




Se para enfrentar o Fluminense o Botafogo tinha quatro desfalques, desta vez o número de baixas tende a aumentar para cinco. Isso porque Airton continua com dores na coxa esquerda e se junta a Lindoso, Fernandes, Luis Ricardo e Jefferson no departamento médico. O volante fez exames na noite da última quinta-feira e espera o resultado, mas dificilmente ele será relacionado para encarar o Cruzeiro neste domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pela 24ª do Campeonato Brasileiro. E sem mais três titulares no treino da manhã desta sexta, em General Severiano, o treinador adiou a definição da equipe para este sábado, em atividade fechada na sede.

Jogadores no fim do treino em General Severiano (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Além de Airton, Sassá e Dudu Cearense foram poupados e trabalharam apenas na academia. Carli também fez musculação, mas apareceu só para correr em volta do gramado. Se os volantes forem vetados, Dierson e Victor Luis, que pode ser improvisado no meio, são opções. Para a zaga, Renan Fonseca é o reserva imediato do argentino, e Canales é o mais cotado caso o artilheiro alvinegro não jogue. Sem o quarteto, Jair comandou apenas atividades técnicas e táticas com os reservas, enquanto os demais titulares fizeram trabalhos leves em campo.

Luís Henrique é liberado para tirar carteira de motorista

Em negociação com o Atlético-PR para ser emprestado, Luís Henrique não esteve em General Severiano na manhã desta sexta-feira. Segundo a assessoria de imprensa do clube, o atacante foi liberado para fazer a prova prática de direção na auto-escola. Empresariado pelo ex-jogador Sávio, o jovem de 18 anos precisa resolver primeiro sua renovação com o Botafogo. O garoto subiu para os profissionais no ano passado, marcou gols e foi titular do Botafogo em parte da Série B. Nesta temporada, porém, pouco tem jogado. O empréstimo é visto como uma boa solução por todas as partes para o atacante jogar e adquirir experiência.


Fonte: GE/Por Thiago Lima/Rio de Janeiro