domingo, 4 de setembro de 2016

É de bike! Com golaço de Camilo, Bota vence Grêmio em jogo atrasado


Equipe carioca vence por 2 a 1 e estaciona em 11º na tabela, com 29 pontos. Já o Tricolor gaúcho perde a chance de entrar no G-4, com 36, em duelo pela 19ª rodada






Um lance para ser lembrado e repetido até o final do Brasileirão. Aos 20 minutos do primeiro tempo, Camilo aplicou uma bicicleta perfeita para abrir o marcador diante do Grêmio, em certamente um dos gols mais bonitos da história do Estádio Luso-Brasileiro. A jogada resume a atuação de luxo de um inspirado Botafogo na vitória de 2 a 1 sobre o Tricolor, neste domingo, em confronto atrasado pela 19ª rodada. Um dos artilheiros do campeonato, Sassá completou o marcador, enquanto Batista fez o dos gaúchos.

Com a vitória, o Botafogo segue em 11º na tabela, com 29 pontos, e se distancia do Z-4. Na próxima quarta-feira, recebe o Fluminense para clássico a ser disputado novamente no Luso Brasileiro. Já o Grêmio perde a chance de ingressar no G-4, ao permanecer com 36, na sexta colocação. Na próxima rodada, tentará a recuperação diante do Coritiba, no Couto Pereira.




Camilo durante a partida contra o Grêmio (Foto: André Durão)

Assim que o árbitro deu o apito inicial, foi como se uma equipe entrasse com pé no acelerador e a outra travada pelo feio de mão. Logo na primeira ação ofensiva, Bruno Silva arriscou de fora da área com extremo perigo para o arqueiro gremista. No minuto seguinte, uma polêmica: Luis Ricardo lançou Camilo e a bola sobrou para Neilton, que empurrou para dentro. Após muita reclamação, o árbitro anulou.

Melhor em campo, o Bota não desacelerou. Aos 20 minutos, foi premiado com linda jogada coletiva. Bruno Silva abriu para Luis Ricardo cruzar de primeira. No meio da área, Camilo pegou de bicicleta. Golaço! Pouco depois, Walace errou a saída de bola, o que seria mortal para o Tricolor. Sassá foi lançado na grande área e ampliou com um chute cruzado.

– Acho que foi nosso pior primeiro tempo do campeonato. Acho que a equipe entrou desconcentrada – resumiu Walace, ao deixar o gramado para o intervalo.

O cenário mudou um pouco para a segunda etapa. Com a vantagem no marcador, o Bota cedeu a posse de bola ao Grêmio, que pouco conseguia construir ofensivamente. E quando tinha chance, a construção tricolor esbarrava em passes errados.

O jogo era concentrado no meio-campo, com raras oportunidades. Em nenhum momento, Roger Machado alterava o sistema tático, com os três volantes. Até que, aos 34 minutos, Batista recebeu dentro da área e descontou quase sem ângulo. 
 
Emerson em lance na partida (Foto: Vitor Silva / SSpress)


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Rio de Janeiro