domingo, 4 de setembro de 2016

Luis Ricardo sofre fratura, é operado e só volta a jogar em 2017; veja fotos



Lateral e capitão do Botafogo deixa estádio para realizar cirurgia no tornozelo e vai perder restante da temporada Fernandes e Lindoso também não enfrentam o Flu




Sequência da jogada em que Luis Ricardo tem a lesão - Foto: Andre Durão

Sequência da jogada em que Luis Ricardo tem a lesão - Foto: Andre Durão


Sequência da jogada em que Luis Ricardo tem a lesão - Foto: Andre Durão


Sequência da jogada em que Luis Ricardo tem a lesão - Foto: Andre Durão



Sequência da jogada em que Luis Ricardo tem a lesão - Foto: Andre Durão



Sequência da jogada em que Luis Ricardo tem a lesão - Foto: Andre Durão

O Botafogo ganhou um grande problema para a sequência da temporada. A suspeita de fratura no tornozelo esquerdo se confirmou, e Luis Ricardo não joga mais em 2016. O jogador está sendo operado, na noite deste domingo, em um hospital da Zona Sul. A lesão aconteceu na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio.


O clube vai se pronunciar nesta segunda-feira sobre a situação do lateral. Luis foi um dos destaques da vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, com duas assistências.


- Estou muito triste. O Luis Ricardo é um cara maravilhoso, deixei a faixa de capitão para ele, é um líder nato. Foi a primeira partida dele como capitão do Botafogo. A lesão dele é muito grave. Fica um clima ruim. Estou bem triste – lamentou o técnico Jair Ventura. O lance da lesão acontece no momento do gol do Grêmio.


Outro que deixou o jogo com dores foi Fernandes. Substituído no primeiro tempo por conta de uma entorse no tornozelo, o volante será examinado. Como Rodrigo Lindoso deve ficar fora por duas semanas, Dudu Cearense deve ser titular contra o Fluminense


- O Fernandes não foi tão grave, mas também preocupa. Triste pelos dois – concluiu Jair.


O Botafogo se reapresenta na tarde desta segunda-feira, às 15h, em General Severiano. Com 29 pontos, o time é o 11º colocado do Campeonato Brasileiro. Na quarta, o Alvinegro recebe o Fluminense, às 16h, na Arena.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro