quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Presente! Da 7ª série para o clássico, Sassá e Wellington têm "prova inicial"


Amigos desde os tempos de escola, atacantes se enfrentam pela primeira vez ao se reencontrarem como protagonistas do jogo Botafogo x Fluminense desta quarta-feira




Sassá? Presente! Wellington? Presente! A chamada atualmente é feita por Jair Ventura e Levir Culpi, e os atacantes já confirmaram presença no Clássico Vovô desta quarta-feira, às 16h (de Brasília), na Arena Botafogo, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas há aproximadamente dez anos a dupla de Botafogo e Fluminense respondiam para os professores na sala de aula do Colégio Percepção, em Irajá, Zona Norte do Rio de Janeiro. Amigos desde os tempos de escola, os dois estudaram, e jogaram, juntos na sétima série – atualmente oitavo ano – e hoje se reencontram pela primeira vez como rivais e destaques de seus times.

Fichas de Wellington e Sassá, amigos desde os tempos de escola em Irajá e hoje rivais (Foto: Arquivo Pessoal)


O alvinegro é um dos artilheiros da Série A com 10 gols, e o tricolor mudou a cara de sua equipe com grandes atuações desde que retornou da Europa. Mas se foi o tempo da "panelinha" da escola, e agora é para valer. Em vez de prova final para passar de ano, vai ser "prova inicial" para ver quem leva a melhor na primeira disputa entre os velhos amigos.


– Começamos uma amizade mais forte no colégio. A gente gostava de jogar no mesmo time, fazia a nossa panela. Será um dia especial para ele e para mim. Está em uma fase incrível, fazendo gol em quase todos os jogos, espero que não faça contra a gente – contou Wellington.


Wellington (esq.) em competição pela
escola em Ohio, nos EUA, em 2005
(Foto: Arquivo Pessoal)
E quem tirava as melhores notas?


– Eu, sou mais inteligente (risos). A gente dividia a mesma sala, mas nós nunca jogamos contra. Ele foi embora (para a Europa) muito cedo – brincou Sassá.


Responsável pela parte esportiva do colégio, Alessandro Seixas lembra da "panelinha".


– Eles eram tranquilos. Sassá sempre foi bom aluno, nunca deu trabalho. Wellington era mais atirado nas garotas, mais galanteador. Mas eles estudavam bastante, eram dedicados, e jogavam no time do colégio junto com Rafinha (ex-Fluminense), Camacho, Diego Maurício e Muralha (ex-Flamengo), Christiano (ex-Vasco)... A gente tem uma geração boa – destacou, respondendo rápido se a dupla era titular.


– Sim. Quem iria barrar eles? (risos)


Se Sassá e Wellington estão confirmados, os demais componentes do clássico ainda não. No Botafogo desfalcado por quatro jogadores, Jair fez mistério, fechou o treino e escondeu a escalação, mas o GloboEsporte.com apurou que Emerson Silva, Diego e Dudu Cearense serão os substitutos dos três titulares que estão fora. No Fluminense, Wellington chegou a dar um susto na comissão técnica ao deixar o treino de segunda-feira com dores, mas se recuperou a tempo junto com Gustavo Scarpa, outro destaque da equipe.

Prováveis escalações do Clássico Vovô têm Emerson Silva, Diego, Dudu e Pierre como novidades (Foto: Arte Esporte)

Esta será apenas a segunda vez que Botafogo e Fluminense se enfrentam na Ilha do Governador. No único duelo, dia 14 de julho de 1992, vitória tricolor por 1 a 0 pelo Campeonato da Cidade. Computando todas as competições e amistosos, as duas equipes já travaram 353 confrontos, com 130 vitórias do Flu, 117 do Bota e 106 empates, com 553 gols tricolores e 505 alvinegros. Já no século XXI, a vantagem é alvinegra: 19 triunfos, 17 derrotas e 21 empates.


BOTAFOGO X FLUMINENSE

Local: Arena Botafogo, Rio de Janeiro (RJ)
Data e horário: quarta-feira, 16h (horário de Brasília)
Escalação provável do Bota: Sidão, Diego, Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Dudu Cearense e Camilo; Neilton e Sassá
Escalação provável do Flu: Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Cícero, Marquinho e Scarpa; Wellington e Dourado
Desfalques do Bota: Jefferson, Lindoso, Luis Ricardo e Fernandes (DM) e Emerson (suspenso)
Desfalques do Flu: Jonathan (DM)
Pendurados do Bota: Airton, Fernandes, Renan Fonseca, Sassá e Aquino
Pendurados do Flu: Danilinho, Douglas, Jonathan, Maranhão, Pierre, Wellington e William Matheus
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Antero Neto e Raphael Rezende)
Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (PR) apita a partida e será auxiliado por Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar, Thiago Lima e Vicente Seda/Rio de Janeiro