quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Pelo Capita! Lindoso mira sexta vitória e recorde do Bota como homenagem


Volante lamenta morte do ídolo alvinegro e vê motivação para time vencer o Coritiba. Diretoria fará selo especial de Carlos Alberto Torres para ser estampado no uniforme




Lindoso quer vitória para homenagear o Capita e a família
 do ídolo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
Enquanto acontecia o sepultamento de Carlos Alberto Torres em Irajá, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira, a 30 km de distância o Botafogo treinava ainda de luto. Um dia depois da morte do ídolo, a bandeira na sede segue hasteada a meio-mastro, e o assunto naturalmente não é outro em General Severiano. Torcedores e funcionários mais antigos lamentavam o falecimento do ex-lateral-direito, assim como jogadores. Por exemplo, Rodrigo Lindoso. O volante de 27 anos deu entrevista coletiva após a atividade comandada por Jair Ventura e admitiu não ter visto o Capita jogar, mas mostrou conhecer sua história.


– Pela minha idade, não pude ver ele atuando, mas hoje em dia por mídia, canais pela internet, se acompanha tudo. A cada momento que ele apareceu na TV se falava um pouco da história dele. E quando a gente chega em um clube procura saber quem fez história nele. Como todo mundo falou, o mundo inteiro lamentou. Ele declarou que era botafoguense, que estava empolgado com o time, então a gente fica triste. Você lamenta em casa também, mas ele está em um bom lugar, deixou um marco dele aqui. Bom que fizeram homenagens enquanto vivo também, não só quando faleceu – ponderou.


A diretoria do Botafogo, que chegou a oferecer o salão nobre de General Severiano para o velório, prepara uma homenagem ao Capita com um selo especial para ser estampado no uniforme neste sábado, contra o Coritiba. Questionado se a memória do ídolo também serve de motivação para buscar a sexta vitória seguida – que igualaria o recorde do clube em Campeonatos Brasileiros alcançado em 2008 – Lindoso não titubeou.


– Sem dúvida, até familiares que vão poder ver. Quando eu tive o primeiro jogo com minha filha, ela entrou em campo contra o Palmeiras, queria ganhar de qualquer maneira. Agora sem dúvida, vamos jogar para homenageá-lo também. Se estivesse vivo torceria para a gente.


Com 53 pontos, o Botafogo é o 5º colocado do Brasileirão e tem 88% de chances de terminar no G-6 e garantir uma das vagas na Taça Libertadores de 2017 segundo o matemático Tristão Garcia. A partida contra o Coritiba será neste sábado, às 18h30 (de Brasília), na Arena.


Fonte: GE/Por Thiago Lima/Rio de Janeiro