sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Botafogo tem nova reunião por Sidão e pode ceder jogadores ao Audax-SP


Negociação avança, e empresário do goleiro volta ao Rio nesta sexta para encontrar Alvinegro. Clube, porém, ainda precisa entrar em acordo com paulistas por liberação





Enquanto o Botafogo segue focado em buscar uma vaga na Taça Libertadores de 2017, a diretoria segue se movimentando nos bastidores por reforços e renovações de contrato. Após acertar com o centroavante Roger, ex-Ponte Preta, e encaminhar a prorrogação do vínculo de Emerson Silva, a bola da vez é Sidão. Um dos destaques do time na arrancada dentro do Campeonato Brasileiro, o goleiro tem negociações avançadas para seguir em General Severiano por mais dois anos, mesmo com a concorrência pesada do ídolo Jefferson, voltando de lesão.

Lopes conversa com Sidão no treino: diretoria e goleiro têm negociação avançada (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Nesta sexta-feira, o empresário do goleiro, Fábio Mello, retorna ao Rio de Janeiro para uma nova reunião com o Botafogo. O agente, que representa jogadores como Réver (Flamengo) e Victor (Atlético-MG), assumiu a carreira de Sidão no fim do mês passado, e o primeiro encontro com Antônio Lopes, vice-presidente de futebol do clube, aconteceu na semana passada. A expectativa é que a conversa com o Audax aconteça na próxima semana, quando dirigentes alvinegros estarão em São Paulo, para a partida contra o Palmeiras.


– Estive com o Antônio Lopes na sexta passada, foi uma reunião muito boa, de ajustar os interesses. Sidão quer ficar, o Botafogo quer que ele fique. Tivemos uma aproximação dos interesses, as coisas caminham muito bem. Estou voltando ao Rio nesta sexta-feira para tentar mais uma aproximação para um desfecho ainda essa semana – disse Mello, alertando, porém, que ainda não houve um acordo entre o Botafogo e o Audax-SP para a liberação do goleiro.

Matheus Menezes, Pablo Andrade, Andreazzi, Lucas Zen, André Luis, Igor Rabello, Jean, Marquinho, Paulo Ricardo e Octávio não vêm sendo aproveitados e podem ser usados como moedas de trocas


– Um dos assuntos que estou aguardando é esse. Não adianta avançar sem a concordância entre os clubes – alertou o empresário, explicando que a compensação pode ser financeira ou via troca de jogadores.


Emprestado para o Brasileiro, Sidão tem vínculo com o Audax-SP até o fim do Campeonato Paulista. Como o prazo é curto, o clube não deve dificultar a liberação, uma vez que o goleiro pode assinar pré-contrato a partir de dezembro e sair de graça após o estadual. No entanto, o diretor de futebol da equipe, Nei Teixeira, ainda aguarda um contato do Botafogo.


– Não fomos procurados pelo Botafogo ainda oficialmente e nem informalmente – avisou.


Dos jogadores sob contrato, que não vêm sendo aproveitados e poderiam ser cedidos pelo Botafogo, estão: o zagueiro Matheus Menezes, o lateral-direito Pablo Andrade, os volantes Andreazzi e Lucas Zen e o atacante André Luis, todos no grupo 2; dos atualmente emprestados, há o zagueiro Igor Rabello (Náutico), o lateral-esquerdo Jean (Botafogo-PB), o meia Marquinho (Atlético-GO) e o atacante Paulo Ricardo (Portuguesa-RJ); e o meia Octávio, que voltou machucado do Tupi-MG e está no departamento médico.


Além de Sidão e Emerson Silva, que estão com a renovação encaminhada, os demais atletas que ficarão sem contrato em dezembro são: Diogo Barbosa, Alemão, Geovane Maranhão, Victor Luís, Lizio, Anderson Aquino, Gervásio Nuñez, Salgueiro, Milton Raphael, Neilton, Matheus Menezes, Paulo Ricardo e Lucas Zen. Em entrevista recente à "Rádio Globo", o vice-presidente de futebol alvinegro, Antônio Carlos Azeredo, o Cacá, disse que as saídas na barca abrirão espaço no orçamento para contratações de impacto em caso de Libertadores. Além de Roger, já contratado, o Botafogo abriu negociações para contar com o atacante Marinho.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro