sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Botafogo e Santa Cruz têm reunião no Rio para selar negócio por João Paulo


Clubes se aproximam financeiramente, e contratação deve ser concluída até segunda




João Paulo será o terceiro reforço do Botafogo após
Roger e Gatito (Foto: Marlon Costa/PernambucoPress)
João Paulo está muito perto de ser confirmado como o terceiro reforço do Botafogo para 2017 após assinar com Roger e Gatito Fernández. O Alvinegro já tinha acertado bases salariais e tempo de contrato com o meia no mês passado. Faltava a parte financeira para o Santa Cruz aceitar a venda, mas já houve uma aproximação entre o que estava sendo pedido e a oferta para a liberação do jogador. Valores não foram revelados, porém, o negócio está para ser fechado por bem menos que a multa rescisória de € 3 milhões (cerca de R$ 11 milhões) por no mínimo 50% dos direitos econômicos.


Até segunda-feira, uma reunião está prevista para acontecer no Rio de Janeiro entre a diretoria do Timbu e de General Severiano. A tendência é o Alvinegro comprar apenas parte dos direitos do meia, deixando o Tricolor com um percentual em caso de venda futura. Em janeiro, o Santa Cruz desembolsou cerca de R$ 1 milhão para comprar João Paulo junto ao Internacional e tem mais um ano de contrato com o jogador. Mas com o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro e em grave crise financeira, ficou inviável manter o camisa 10, que se valorizou apesar da campanha ruim do time.



Destaque nas categorias de base do Inter, João Paulo passou por Atlético-GO e Goiás antes de chegar ao Santa Cruz. Ele atua como típico camisa 10 e se destaca pelas assistências: foram seis na temporada, além de quatro gols sobre Flamengo, Sport, América-PE e o próprio Botafogo. O meia chamou a atenção do Alvinegro pela primeira vez no duelo entre as equipes pela última Série B, e os cariocas tentaram sua contratação no fim do ano passado. O gerente Antônio Lopes é quem conduz a negociação.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro