sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Botafogo negocia empréstimos de Marquinho e Dierson para o Macaé


Presidente alvianil, Mirinho revela acordo próximo com a dupla alvinegra: "95% certo". Meia, que passou pelo Leão, foi campeão da Série B deste ano pelo Atlético-GO



Marquinho foi campeão da Série B deste ano
pelo Atlético-GO (Foto: Divulgação / Atlético-GO)
O Macaé está muito perto de fechar a contratação de dois atletas que pertencem ao Botafogo: o volante Dierson e o meia Marquinho, que despontou pelo clube e por onde estava até se transferir para o Alvinegro no começo temporada - no segundo semestre, acabou cedido ao Atlético-GO e fez parte do grupo campeão da Série B do Brasileiro.


A negociação foi confirmada pelo presidente do Alvianil, Mirinho, que se reuniu com um membro da diretoria do Bota nesta semana e deixou o acordo praticamente selado com a dupla que tem contrato com o time de General Severiano até o fim de 2017.


- O Marquinho pode voltar. Teve um diretor aqui na minha casa e fizemos uma parceria com o Botafogo. Estão quase garantidos o Marquinho e o Dierson, que é um cabeça de área. Está tudo bem encaminhado. Falta pouco para fecharmos. Acho que estamos uns 95% certo.


Natural de Macaé, Marquinho, de 27 anos, começou a carreira no Serra Macaense e chegou ao Leão Praiano em 2013. Fez parte do grupo que faturou o inédito título da Série C do Brasileirão pelo clube em 2014. Entre 2015 e 2016, viveu seu melhor momento com a camisa do time do Norte Fluminense e chamou a atenção do Botafogo. Em maio deste ano, acabou se transferindo para o Alvinegro, mas pouco foi aproveitado.


O jogador, então, foi emprestado ao Atlético-GO e reencontrou o técnico Marcelo Cabo, com quem já tinha trabalhado no próprio Macaé. Pelo Dragão, disputou 14 partidas ao longo da temporada e fez parte do grupo que conquistou o incontestável título da Série B do Campeonato Brasileiro, apesar de não ter sido titular. 

Dierson (à esquerda) disputou 10 jogos com a camisa do Botafogo na temporada (Foto: Vitor Silva/SSPress)


Fonte: GE/Por Juan Andrade/Cabo Frio, RJ