quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Jair lamenta lesões, e exalta força do time alvinegro: "Tivemos maturidade"


Treinador comenta que saída de Montillo aos 14 minutos do primeiro tempo atrapalhou o andamento da equipe, mas ressalta que o time conseguiu se reencontrar





Jair Ventura lamentou as lesões de Montillo e Bruno Silva, mas ficou
satisfeito com o resultado do jogo de ida (Foto: Reprodução/Twitter)
Logo aos 14 minutos do primeiro tempo, Jair Ventura teve que lidar com uma importante ausência: o capitão Montillo sentiu dores na perna e foi substituído por João Paulo. O Botafogo, que começou bem a partida, demorou a se reencontrar no primeiro tempo, mas ainda assim conseguiu marcar o único gol da partida. Segundo Jair, a lesão do camisa 7 atrapalhou o que foi pensado para esta noite.


- Quebra todo o planejamento. Você tem uma situação até que não treinamos tanto, mas estávamos decididos a fazer. Quando você perde um jogador importante com 14 minutos, você tem que se reinventar. Nosso time sentiu um pouco sim, demorou um tempinho para se reencontrar. Tivemos maturidade e inteligência. O João Paulo entrou bem, aí equilibrou a partida novamente e conseguimos nosso objetivo.


Além de Montillo, quem também saiu machucado foi o volante Bruno Silva. O volante foi substituído por Guilherme no intervalo e fez com que o Botafogo voltasse à formação original de 4-2-3-1.


- Primeira lesão do Bruno Silva no ano. Deu para ver o desgaste físico no segundo tempo mais uma vez. A gente cansa. Você tem três substituições só, e ainda perde dois por lesão e acava perdendo o gás. Optei pelo Guilherme para ganhar velocidade nas laterais e fica um pouco mais ofensivo. Voltamos melhor, criamos mais, tivemos outras chances de gol, e saímos com esse resultado pequeno, como foi o primeiro, mas importante. Eles são uma equipe competitiva, difícil e com uma bola parada perigosa. Mas estamos de parabéns, temos mais segundo tempo do jogo.


Fonte: Por Thiago Lima/Rio de Janeiro