sexta-feira, 10 de março de 2017

Na lista para a fase de grupos, Sassá faz dois e se destaca em jogo-treino


Ao lado de Canales, atacante se movimenta bem e mostra muita vontade na atividade desta sexta-feira contra o Santa Cruz da Terceira Divisão do Campeonato Carioca




A nova chance dada pelo Botafogo ao atacante Sassá parece que deu certo. Depois de voltar a jogar contra o Boavista e entrar na lista do técnico Jair Ventura para a disputa da fase de grupos das Libertadores, o jogador foi o grande destaque no jogo-treino realizado na tarde desta sexta-feira, no campo anexo do Estádio Nilton Santos, ao marcar dois gols, na vitória por 6 a 0, contra o Santa Cruz, da Terceira Divisão do Campeonato Carioca. 

Sassá durante treino-treino do Botafogo nesta sexta-feira (Foto: Felippe Costa)

Como antecipou durante a semana, Jair Ventura marcou o jogo-treino para dar mais rodagem aos jogadores que não estavam tendo muitas oportunidades. Sendo assim, o técnico iniciou o trabalho com: Saulo; Marcinho, Marcelo, Emerson Santos e Gilson; Lindoso, Fernandes e Dudu Cearense; Canales, Guilherme e Sassá.


O jogo foi importante para Canales, que também está na lista para a Libertadores. O chileno se movimentou muito bem, mostrou estar totalmente recuperado da forma física e pronto para ajudar o Botafogo. Outro que vai participar da competição internacional, Fernandes foi bem.


A grande novidade ficou por conta da presença na equipe de Emerson Santos, que ainda discute a renovação de contrato. Ao lado do amigo Marcelo, o zagueiro participou de quase todo o jogo e não teve muito trabalho contra a limitada equipe do Santa Cruz. Foi com ele que aconteceu uma cena curiosa no início da atividade, quando Sassá o abraçou e gritou: "O Emerson voltou...".


O Botafogo abriu o placar após uma boa cabeçada de Dudu Cearense. O time conseguiu ampliar com Sassá, que marcou duas vezes, sendo o segundo gol de pênalti. Pachu, Joel e Vinícius tanque fecharam a goleada.


O Alvinegro volta treinar na manhã deste sábado, no campo anexo do Estádio Nilton Santos.


Fonte: GE/Por Felippe Costa/Rio de Janeiro