sábado, 11 de março de 2017

Sem acordo, Emerson Santos já deixou de levar R$ 1 milhão; detalhes da oferta


Quantia é referente ao que zagueiro deixou de receber desde que recusou primeira proposta de renovação do Botafogo em 2016. Defensor pede mesmo valor em luvas



Emerson Santos voltou a sorrir ao ser inscrito na fase de grupos da Taça Libertadores da América. Mas seu impasse com o Botafogo continua. A renovação de contrato pode até evoluir nos próximos dias após a "trégua" da diretoria em tirar o jogador da geladeira, mas por enquanto o panorama em nada mudou. Após a última recusa, no início da semana, muitos dirigentes perderam a paciência (e a esperança) internamente com a negociação, que se arrasta desde maio do ano passado. Sem acordo, o zagueiro de 21 anos já deixou de ganhar uma bolada.


É justamente a parte financeira o maior entrave para a renovação – com salário de júnior desde quando subiu para o profissional, Emerson Santos tem a remuneração mais baixa do elenco, em torno de R$ 10 mil. O curioso é que, neste período, por não ter aceitado a primeira oferta, ele deixou de receber, por baixo, R$ 440 mil, quase a metade das luvas exigidas para prorrogar o vínculo: R$ 1 milhão. O valor que o jovem ficou sem ganhar, no entanto, é ainda maior.

Emerson ainda não participou de jogos oficiais em 2017 (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

A primeira oferta do Botafogo, em maio do ano passado, foi de R$ 50 mil por mês, com aumento em caso de produtividade, quando ele completasse 30 jogos, o que ocorreu em agosto. Se tivesse aceitado, hoje ele estaria recebendo cerca de R$ 100 mil mensais. Nesse caso, além dos R$ 440 mil, Emerson deixou de ganhar R$ 630 mil, totalizando mais de R$ 1 milhão.

Diante do bom momento, o Botafogo voltou a procurar Emerson em outubro. Desde então, no entanto, as partes não falam a mesma língua, e há um abismo entre as propostas. O vínculo com o clube vai até dezembro, e o zagueiro poderá assinar pré-contrato com outro clube em julho.


Veja os detalhes do que pede Emerson e da proposta do Botafogo

O que quer Emerson?

- Contrato de três anos
- Luvas de R$ 1 milhão na assinatura
- Salário de R$ 200 mil em 2017
- Salário de R$ 220 mil em 2018
- Salário de R$ 250 mil em 2019
- 10% de comissão para o empresário
- Bônus de 500 mil Euros (cerca de R$ 1,7 milhão)
- Manutenção de 25% dos direitos federativos

O que oferece o Botafogo?

- Contrato de três anos
- Salário de R$ 100 mil em 2017
- Salário de R$ 130 mil quando completar 30 jogos
- Salário de R$ 160 mil quando completar 60 jogos

Tua estrela solitária nos conduz, faça parte deste time - CLIQUE AQUI (Foto: Divulgação)


Fonte: GE/Por Felippe Costa, Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro