quinta-feira, 4 de maio de 2017

Exame não aponta lesão grave, e Camilo tem chance de enfrentar o Grêmio


Após ser substituído no intervalo da derrota para o Barcelona de Guayaquil, meia não deve ser problema para a estreia do Campeonato Brasileir, em Porto Alegre


Após o susto, Camilo recebeu uma boa notícia na tarde desta quinta-feira. O exame de ressonância magnética realizado na coxa direita apontou apenas uma contratura no adutor, e o meia tem tudo para ficar à disposição de Jair Ventura para a estreia do Botafogo no Campeonato Brasileiro, dia 14, diante do Grêmio, em Porto Alegre.


Esse tipo de lesão é caracterizado por uma contração involuntária e dolorosa de uma parte ou de todo o músculo, que fica duro. Ela apresenta hipertonia das fibras musculares e limita o movimento das articulações.



Camilo durante a partida entre Botafogo e Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores da América (Foto: André Durão)


Camilo sentiu dor após um chute travado na entrada da área ainda no primeiro tempo da derrota por 2 a 0 para o Barcelona de Guayaquil, na última terça-feira, no Estádio Nilton Santos, em jogo válido pelo Grupo 1 da Taça Libertadores da América. O meia foi substituído e deixou o campo ansioso com o resultado do exame.


Fonte: GE/Por Felippe Costa e Thiago Lima, GloboEsporte.com, Rio de Janeiro