sexta-feira, 5 de maio de 2017

Bota aperta o cerco por lateral-direito: Madson, gringo e ex-Ituano na pauta


Vasco reluta em liberar ala; impossibilidade de inscrever jogador do Atlético Tucumán na Libertadores pesa contra argentino; e Arnaldo é quem está mais próximo



A 10 dias do início do Campeonato Brasileiro, o Botafogo aperta o cerco atrás de um lateral-direito no mercado. Depois de sondar Tiago Cametá (Ceará) e Nino Paraíba (Ponte Preta), e de descartar a contratação de Maicon, que vinha treinando no clube, o Alvinegro tem novos nomes em pauta. O GloboEsporte.com apurou três jogadores que interessam: Madson (Vasco), Di Placido (Atlético Tucumán-ARG) e Arnaldo (ex-Ituano).


Do trio, quem está mais perto é Arnaldo. O lateral, de 25 anos, foi campeão do interior no Campeonato Paulista pelo Ituano e ficou sem contrato ao fim da participação do time no estadual. Nos últimos dias, chegou a fechar com o Vila Nova para disputa da Série B do Brasileiro, mas o interesse do Botafogo pode melar o negócio. Ele pertence à Elenko Sports, que se reaproximou do Alvinegro após o desentendimento da época em que negociou com Lucca e Pottker.



Arnaldo em ação pelo Ituano: lateral é o mais próximo do Botafogo (Foto: Miguel Schincariol / ituano FC)


Madson é um nome que agrada mais e já havia sido alvo antes da contratação de Jonas, hoje lesionado. O lateral, também de 25 anos, está no Vasco desde 2015, mas perdeu espaço com as chegadas de Yago Pikachu e do ex-botafoguense Gilberto. O Cruz-Maltino, porém, reluta em liberar o ala para um rival – em fevereiro, também vetou uma negociação com o Goiás. Ele tem mais dois anos de contrato em São Januário e ainda será observado pelo recém-chegado Milton Mendes.



Madson está barrado no Vasco desde o ano passado (Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br)



A dificuldade de negociações no futebol brasileiro fez o Botafogo procurar até nos países vizinhos. E na Argentina encontrou alguém com um perfil que agrada: Di Placido, lateral do Atlético Tucumán, que está no grupo do Palmeiras na Libertadores. O argentino, de 23 anos, está emprestado ao clube até junho e pertence ao também hermano All Boys. Porém, pesa contra ele o fato de não poder disputar a Libertadores pelo Alvinegro, uma vez que já foi inscrito por outra equipe.



Di Placido chamou a atenção em ação pelo Atlético Tucumán-ARG (Foto: SOL ALMIDEZ / EFE)


Após perder o prazo de inscrição de reforços na Copa do Brasil, o Botafogo deixou a urgência de lado, já que contratações para a Libertadores só serão permitidas a partir das oitavas de final, fase que começa em junho. Porém, a volta imediata ao mercado remete a Luis Ricardo. O lateral-direito se recuperou da cirurgia no tornozelo feita em setembro do ano passado e vem treinando normalmente com bola. Mas seu tendão ainda inspira cuidados, e ele precisa readquirir confiança em certos movimentos. Por isso, segue sem previsão de retorno ao time.


Fonte: GE/Por Felipe Schmidt, Felippe Costa e Thiago Lima, Rio de Janeiro