quarta-feira, 24 de maio de 2017

Jair surpreende e arma Botafogo com Gilson no meio contra o Estudiantes


Sem meias disponíveis, lateral-esquerdo será o substituto do poupado Camilo e jogará improvisado. No ataque, Guilherme herda a vaga de Pimpão, suspenso





Gilson terá função mais ofensiva em novo esquema de Jair (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)


Exceto por Camilo, poupado, e Pimpão, suspenso, o Botafogo foi com força máxima para buscar o primeiro lugar do Grupo 1 da Libertadores na Argentina. Mas diferente do que todos imaginavam, João Paulo, que já foi camisa 10 no Santa Cruz, não foi o escolhido para jogar mais adiantado no meio de campo contra o Estudiantes, nesta quinta-feira. O GloboEsporte.com apurou que no treino fechado na tarde desta quarta-feira, no CT do River Plate, em Buenos Aires, Jair Ventura surpreendeu e escalou Gilson na função. Sem meias disponíveis, o lateral-esquerdo será improvisado e voltará a fazer a dobradinha com Victor Luis.


Com isso, Airton segue barrado da equipe e ficará como opção no banco de reservas. As outras vagas abertas vão para Guilherme e Emerson Santos. Com características parecidas a Pimpão, o atacante é o substituto imediato do titular, enquanto o zagueiro ganhou a concorrência de Marcelo e volta a atuar improvisado na lateral direita. Se nada mudar, a tendência é que o Botafogo entre em campo com Gatito Fernández, Emerson Santos, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Gilson; Guilherme e Roger.



Guilherme herdará a vaga do suspenso Pimpão contra o Estudiantes (Foto: Divulgação / Botafogo)


O Botafogo enfrenta o Estudiantes nesta quinta, às 21h45 (de Brasília), no Centenário de Quilmes. Para terminar em primeiro do grupo, há três combinações: se o Barcelona de Guayaquil vencer o Atlético Nacional na Colômbia, o Alvinegro precisará ganhar mantendo o saldo dos equatorianos e fazendo um gol a mais que eles; se o concorrente empatar, poderá ser líder com um triunfo ou uma igualdade no placar na Argentina desde que marque um gol a mais que o rival direto; e se o Barça perder, bastará um empate ao time de Jair Ventura. Já eliminados, argentinos e colombianos buscam o 3º lugar, que vai à Sul-Americana.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima, Rio de Janeiro