quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Exame aponta lesão leve, e Botafogo confia que terá Carli na Libertadores


Expectativa é que zagueiro argentino já esteja à disposição no clássico contra o Flamengo, no dia 10 de setembro. Capitão alvinegro, que tem lesão de grau 1 na coxa direita, já iniciou tratamento




Carli lesionou a coxa contra o Bahia (Foto: Raul Spinassé/A Tarde/Futura Press)



Exame de imagem confirmou a contusão de Carli. O zagueiro, que se machucou contra o Bahia, no domingo, tem lesão de grau 1 no bíceps femoral da coxa direita. Ele já iniciou tratamento intensivo para voltar rapidamente.


A lesão, no entanto, é considerada leve. A expectativa no Botafogo é que o zagueiro esteja à disposição da comissão técnica para o clássico contra o Flamengo, no dia 10. O clube conta com o jogador para o primeiro jogo das quartas de final da Libertadores, contra o Grêmio, dia 13 de setembro, no Nilton Santos.



Carli sente lesão, é substituído e chora no banco de reservas


Apesar da confirmação da lesão, o resultado do exame trouxe certo alívio ao Botafogo. O zagueiro saiu de campo chorando contra o Grêmio e havia o temos que a contusão fosse algo mais grave.


Outro que deixou o jogo contra o Bahia com incomodo na coxa, Marcos Vinícius passou por exames nesta quinta. Aparentemente, sua situação não é grave.


Ainda com o tornozelo inchado por conta da entrada de Cuellar, na Copa do Brasil, Matheus Fernandes ainda não foi liberado pelo departamento médico. O volante, no entanto, não deve ser problema para o clássico contra o Flamengo e para a Libertadores.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima, Rio de Janeiro