quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Morre, aos 74 anos, o jornalista e escritor Luiz Roberto Porto


Robertão, como era chamado, era pai do narrador Roby Porto, sofria de complicações da diabetes e nutria paixão especial pelo Botafogo



Faleceu, na manhã desta quinta-feira, o jornalista Luiz Roberto Porto, vítima de complicações provocadas pela diabetes. Robertão, como era conhecido, era pai do narrador Roby Porto, do SporTV, e foi um dos profissionais de imprensa mais atuantes entre as décadas de 60 e 90.

Roberto Porto foi editor de esportes do “Jornal do Brasil” e do jornal “O Globo”, estando à frente de coberturas de diferentes Copas do Mundo, Jogos Olímpicos e Pan-Americanos. Formado em direito, sua carreira acabou voltada para o jornalismo esportivo. Robertão mantinha um blog e participava do programa “Loucos por Futebol”, do canal ESPN Brasil.

Torcedor do Botafogo, Porto escreveu vários livros, entre eles “História Ilustrada do Futebol Brasileiro”, ao lado de João Máximo e Salomão Scliar, e “Gírias e Verbetes Futebolísticos”, com Carlos Leonam e Manoela Pena, além de “Dicionário Popular de Futebol – o ABC das Arquibancadas” e “Botafogo, 101 Anos de Histórias, Mitos e Superstições”.

Roberto Porto faleceu aos 74 anos (Foto: Reprodução SporTV)


Por SporTV.comRio de Janeiro