segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Bota busca parceiros para transformar Engenhão em Estádio Nilton Santos


Clube alvinegro disponibiliza até e-mail para atrair colaboradores e mudar identidade visual de seu estádio com imagens do ídolo no jogo com o Boavista, dia 31 de janeiro


Mesmo sem ainda ter recebido uma resposta da Prefeitura do Rio de Janeiro ao seu pedido formal, o Botafogo está determinado a institucionalizar Nilton Santos como o nome de seu estádio. Para isso, pretende preparar toda uma nova identidade visual a tempo do primeiro jogo oficial do ano no Engenhão - contra o Boavista, inicialmente dia 31, pelo Campeonato Carioca. Mas por conta da falta de recursos, o clube busca colaboradores.

Atualmente, decoram o hall de entrada e de imprensa do estádio fotos de jogadores que já deixaram o clube, como Seedorf, Lodeiro e Rafael Marques. A ideia é substituí-las pelas de Nilton Santos, reforçando o novo nome do Engenhão idealizado e já difundido entre os torcedores. O clube pretende fazer o mesmo do lado de fora.

No entanto, por causa das dificuldades financeiras, o Botafogo ainda busca no mercado empresas do ramo gráfico dispostas a colaborar, principalmente por meio de permutas. Para concretizar este e outros projetos, o clube criou um canal de comunicação. O endereço de e-mail parceiros@botafogo.com.br está à disposição para que companhias se manifestem e vejam suas marcas expostas pelo Alvinegro.

Engenhão passou por obras e voltará a receber jogos após quase dois anos fechado (Foto: Philippe Matta)
- O momento é de contar com os parceiros. A empresa que quiser disponibilizar seus produtos vai ter como contrapartida seu nome exposto no site oficial do Botafogo e nas redes sociais - explicou Márcio Padilha, vice-presidente de comunicação do clube, deixando claro que o clube pretende firmar parcerias que vão além da identidade visual do Estádio Nilton Santos.

Ainda na mudança das características do Engenhão, em uma segunda etapa o Botafogo pretende tirar o azul das cadeiras e implementar o preto e branco. Os assentos vermelhos - instalados por um antigo patrocinador - já foram retirados. A intenção do clube é também modificar até a cor da pista de atletismo, que passaria a ser preta.

Porém, quando se fala nos patrocinadores do uniforme, não existe o planejamento de permuta. Depois de fechar com a Viton 44 para o peito (cerca de R$ 9 milhões por ano), o Botafogo busca parceiros que façam investimentos nos demais espaços disponíveis na camisa alvinegra.

Por Gustavo RotsteinRio de Janeiro/GE