sábado, 24 de janeiro de 2015

Na volta ao Engenhão, Bota perde amistoso para o Shandong Luneng


Alvinegro perde muitos gols no segundo tempo, em partida que também marcou a estreia de Diego Tardelli pela equipe chinesa



O Botafogo não causou boa impressão ao seu torcedor no retorno ao Engenhão. Na tarde deste sábado, em amistoso realizado no estádio, o Alvinegro foi derrotado por 1 a 0 pelo Shandong Luneng, da China, equipe que é treinada por Cuca e teve a estreia do atacante Diego Tardelli.

Antes do amistoso deste sábado, o Botafogo havia disputado dois jogos-treino: derrota por 1 a 0 para o Gonçalense e vitória por 2 a 0 sobre o Barra Mansa. Com sete jogadores contratados para a temporada como titulares, o Alvinegro mais uma vez mostrou que a falta de entrosamento deve atrapalhar bastante o time neste começo de temporada.

Montillo é cercado pela marcação alvinegra no Engenhão (Foto: Vicente Seda)

O destaque foi o lateral-direito Gilberto, que apoiou com perigo ao ataque, especialmente no segundo tempo. O centroavante Bill, embora pouco acionado, apareceu bem em alguns lances e quase empatou o jogo, com a zaga chinesa salvando em cima da linha.

O técnico René Simões terá uma semana para tentar consertar os muitos erros e deixar o time pronto para a estreia no Carioca. No dia 31, às 17h, em São Januário, o Alvinegro recebe o Boavista. A partida inicialmente, seria no Engenhão, mas por conta das obras no entorno do estádio, foi transferida.

Apenas na terceira rodada do estadual o Botafogo deve atuar em seu estádio, no dia 7 de fevereiro, contra o Bonsucesso. Na partida, os torcedores poderão matar a saudade do palco, que teve portões fechados para a torcida neste sábado. O Engenhão não era utilizado para um jogo desde o primeiro semestre de 2013, quando foi fechado para reparos em sua cobertura.

Pelo lado do Shandong Luneng, o estreante Diego Tarddeli se destacou. O atacante da seleção brasileira criou os melhores lances de ataque da equipe e cruzou na cabeça de Wang Yongpo, autor do gol. Os brasileiros Vágner Love, Aloísio e Júnior Urso também jogaram, assim como o argentino Montillo. Antes do triunfo deste sábado, os chineses tinham perdido para o Palmeiras (3 a 1) e Bangu (5 a 2).

Pouca emoção

O Botafogo iniciou o jogo em ritmo lento, devagar em sua saída de bola e dando espaço para o quarteto ofensivo de brasileiros do Shandong. O time chinês, tocando bem a bola, foi quem tomou a iniciativa do duelo e acertou a trave alvinegra aos 17, em chute cruzado do volante Júnior Urso, após passe de Diego Tardelli.

O primeiro lance de perigo do Botafogo foi aos 24, quando Bill bateu colocado, para fora. A partir daí, o Alvinegro passou, ainda que de forma tímida, a controlar mais o confronto. Gegê se soltou mais ao ataque e passou a tabelar com Diego Jardel e Pimpão, deixando o time mais agressivo. Algumas boas tramas foram realizadas pelo trio. Uma delas terminou com William Arão cabeceando nas mãos do goleiro Yang.

Quem não faz...

O que faltou de lances de perigo no primeiro tempo, sobrou no segundo, que começou com Diego Jardel perdendo gol cara a cara após lindo passe de Bill. Gilberto, bem no apoio, chutou com perigo aos 8 e rolou para Gegê, livre, perder aos 9. Carleto ainda acertou o travessão na sequência, em cobrança de falta.

o castigo pelas chances desperdiçadas veio aos 17. Roger Carvalho saiu jogando errado. A bola chegou em Diego Tardelli, que levou ao fundo e cruzou na segunda trave para Wang Yongpo cabecear no canto de Jefferson e marcar. Bill quase empatou aos 18, mas Wang Qiang tirou em cima da linha. Depois disso, muitas mudanças ocorreram dos dois lados. Jobson, que entrou na vaga de Pimpão, perdeu cara a cara aos 45.

O Botafogo atuou com Jefferson; Gilberto, Roger Carvalho, Renan Fonseca e Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Gegê e Diego Jardel; Rodrigo Pimpão e Bill.

Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro/GE