terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Presidente pede que torcida chame Engenhão de Estádio Nilton Santos


Botafogo faz pedido formal à Prefeitura do Rio de Janeiro para troca de nome, mas Carlos Eduardo Pereira espera que mudança comece agora



Engenhão será reaberto em janeiro (Foto: Philippe Matta)
Depois de ordenar a retirada das cadeiras vermelhas – instaladas por um antigo patrocinador –, Carlos Eduardo Pereira quer promover uma mudança mais radical no estádio do Botafogo. O presidente fez um apelo para que a torcida deixe de lado os nomes Engenhão ou Estádio Olímpico João Havelange e passe a adotar a nomenclatura Estádio Nilton Santos. A ideia da diretoria é que este seja futuramente o nome oficial do campo alvinegro.

O Botafogo já fez o pedido à Prefeitura do Rio de Janeiro, que construiu e batizou o estádio. E apesar de a mudança ser considerada difícil, o clube pretende que ao menos os torcedores alvinegros passem a usar o nome de um dos maiores ídolos da história do Alvinegro.

- Recuperamos nossa autoestima com a volta do Engenhão, em reuniões com o prefeito Eduardo Paes. E temos certeza que o estádio passará a ser conhecido pelo nome do nosso maior jogador: Nilton Santos. Todos os botafoguenses, aconteça o que acontecer em termos de burocracia, precisam tratar o Engenhão como Estádio Nilton Santos - pediu Carlos Eduardo Pereira na última segunda-feira, quando foi oficialmente empossado em General Severiano. O apelo foi publicado no site oficial do Botafogo nesta terça.

Fechado desde março de 2013, o Engenhão – ou Estádio Nilton Santos – será reaberto para a disputa do Campeonato Carioca. A primeira partida oficial será no próximo dia 31, entre Botafogo e Boavista. Antes, o Alvinegro vai disputar no seu estádio um amistoso contra o Shandong Luneng, da China, dia 24.

Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro/GE